Advertisements
Anúncios

A FERJ acerta ao acabar com torneios que não possuem mais a mesma importância

Raras são as vezes, por razões óbvias, que este espaço tem oportunidade de elogiar ações de Federações e Confederações esportivas do Brasil.

Em regra, seus dirigentes, quando não incompetentes, tendem a cometer atos que geram suspeitas com relação a honestidade.

Embora seja difícil, ainda, saber as motivações que levaram a FERJ decidir-se pela extinção das tradicionais “Taça Guanabara” e “taça Rio”, além de corajosa, por ser impopular, a decisão é absolutamente coerente e correta.

Há tempos estes torneios, que já foram importantes, servem apenas para iludir os torcedores dos grandes cariocas, com títulos que hoje pouco valem, e que, por vezes, servem apenas para ocultar, por algum tempo, trabalhos medíocres de dirigentes.

O turno único não é a melhor das alternativas, mas, ao menos, ameniza a perda de tempo evidente das agremiações com viagens e partidas que nada acrescentam, tecnicamente, na preparação para vôos maiores.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: