A imprensa e Paulo Henrique Ganso

Quatro meses após quase sequer ser relacionado para o banco de reservas do Sevilla, o jogador Paulo Henrique Ganso entrou em campo e assinalou dois gols na partida contra o fraquíssimo Granada, que ocupa as últimas colocações do Campeonato Espanhol.

A imprensa esportiva brasileira entrou em êxtase !

“Ressurreição”, “Renascimento”, “Show” foram termos utilizados, em exemplo, por ESPN, UOL e Terra.

Há de se ter um mínimo de senso do ridículo…

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

2 ideias sobre “A imprensa e Paulo Henrique Ganso

  1. Acho que se ele nascesse a uns 30 anos atras teria sido um super craque… Mas no futebol corrido de hoje ele nao tem espaco.. Mas colocando ele em um time certo acho que ele se destacaria…. Nao acho ele um talento desperdicado mas sim um jogador de pouca movimentacao mesma.

  2. Este e outros “craques” fabricados, todos a fim de se manterem em níveis bem elevados de salários, são devidamente endeusados, periodicamente, pela mídia pra que não se deixe cair o “nível salarial” do referido deus da bola. São realmente ridículos. Eu desligo o rádio quando começam a fabricar um “ídolo” de barro. Não dá pra aturar. Porém, o pior é que a grande maioria acredita e já começa a chamar de craque. Esse aí, mais o Pato e outros parecidos jogam quando querem. E o querem poucas vezes, pois não precisam, seus salários são mlionários, só pelo nome, garantindo a boquinha de bastante gente. Da mesma forma, arranjam empregos permanentes pra um bando de técnicos de futebol. Dá nojo.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.