Anúncios

Co-autor de livro com Mauro Beting é contratado para assessoria de imprensa do Palmeiras

O jornalista Bruno Elias, co-autor do livro “Meu nome é Enea – o maior campeão do Brasil”, em sociedade com Mauro Beting, acaba de ser contratado para trabalhar na assessoria de imprensa do Palmeiras.

Trabalho que, como demonstra o teor do livro (chancelado oficialmente pelo clube), já realizava de maneira informal.

Mauro Beting, que faz propaganda para empresa de apostas esportivas Sportingbet, é o maior fornecedor de serviços de comunicação do Palmeiras, que englobam obras literárias diversas, apresentação de eventos oficiais, curadoria de restaurantes temáticos, etc.

A contratação de Bruno é prova incontestável de que o prestígio de Beting no clube parece imune às controversas alterações de cenários políticos alviverdes.

RESPOSTA DE MAURO BETING

Grande Paulinho, abraços, amigo.

Bruno Elias é um jornalista excelente, um palmeirense muito maior do que eu, e uma pessoa muito melhor do que nós dois juntos.

Ele trabalhou no departamento de história do clube – onde o conheci. Foi fundamental em alguns dos trabalhos que fiz para, pelo, com o Palmeiras: livro oficial do centenário (a convite do clube), produção associada do filme oficial do centenário do Palestra Italia (documentário feito pela Canal Azul, que me contratou), e a curadoria cultural da Cantina Palestra (projeto do Sporfood, a empresa que me contratou), em parceria com o clube.

Bruno Elias é um cara que você precisa conhecer, Paulinho. Conhece demais a história do clube. Como Fernando Galuppo, Jota Christianini, José Ezequiel Filho, Miro, Luciano Pasqualini. Ele é referência histórica e ética do Palmeiras. Como nosso amigo Celso Unzelte, no Corinthians. Michael Serra no São Paulo. Odir Cunha no Santos. Nomes incontestáveis.

Pena que talvez você não os conheça. Fazem um trabalho excepcional. Muitas vezes melhor que o meu. Mas não fazem tanto ou não aparecem tanto quanto eu. Sem cabotinismo: nenhum jornalista fez tantos trabalhos com, para, pelo e por um clube. E me expondo tanto a ponto de ter um post como esse. Todos os trabalhos pagos por parceiros, não pelo clube. Muitos deles “pagos” por mim, já que não cobrei, e não deixei cobrarem. Pode apostar nisso (oferecimento Sportingbet.com).

E nem conto o dinheiro que ajudei a gerar para o clube pelos royalties e direitos devidamente pagos. Em suma: dou dinheiro ao Palmeiras – e não pouco em 9 livros, dois documentários, outros trabalhos.

De fato, passo imune por algumas administrações. Fiz festas e trabalhos gratuitos para quatro presidentes distintos. E fui processado pelo Mustafá. Outro mérito. E, como ele mesmo diz, o ex-atual tudo no clube não gosta de mim. Mas uma coisa ele não pode falar deste aqui: nunca cobrei nada do clube. A não ser a festa popular do centenário, e por 1/3 do preço, para pagar multa de outro evento que tive de cancelar.

Pena que você não citou outros colegas que trabalham pelos clubes de modo igualmente independente. Justamente por serem independentes como eu – ainda que menos expostos. Colegas e amigos que fazem o que faço pelo interesse de propagar e perpetuar a história do clube e da gente que o faz. Cobertura que não tem preço. E nunca põe preço.

Bruno Elias só está onde está pela competência e conhecimento. E pelo caráter e seriedade de um cara sensacional. Pessoa e profissional que não pode em momento algum ser discutida.

Contratação tão boa do Palmeiras como as do elenco dos últimos anos. Muitas delas de causar inveja aos rivais.

O motivo real para uma nota, caro Paulinho, absolutamente desnecessária.

Boa Páscoa, amigo. Continuo respeitando muito o colega. E entendi o que você quis dizer. Pena que expondo um cara que absolutamente não merecia qualquer questionamento.

Anúncios

3 Respostas to “Co-autor de livro com Mauro Beting é contratado para assessoria de imprensa do Palmeiras”

  1. luizdireg Says:

    Paulito, vc não poderia passar a páscoa sem esse, né???

    Essa é a diferença entre colaboradores de verdade, que querem apenas o bem do Palmeiras, daqueles surrupiadores corintianus, que estão lá para ganhar dinheiro às custas do curica.

    Tem que aprender a separar o joio do trigo.
    Abraços.

  2. Luiz Carlos Luchetta Says:

    Não entendi: ele é jornalista ou gerador de royalties?

  3. aldair321 Says:

    O blogueiro que se acha ombudsman da imprensa levando toco kkkkkkkkk

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: