Advertisements
Anúncios

Contas do Corinthians não batem e reunião do CORI é adiada

Emerson Piovesan e Raul Corrêa da Silva

Teríamos, ontem, em reunião do CORI, discussão para aprovação da previsão orçamentária do Corinthians para o ano de 2017.

O encontro foi adiado para a próxima terça-feira, por falta de parecer do Conselho Fiscal, que ainda tem dúvidas sobre o material enviado pela diretoria de finanças, e deu novo prazo para explicações e alterações.

Como resultado, o clube entrará no mês de abril sem o documento que tem por objetivo impor limites a gastos, recebimentos e ações da gestão administrativa do clube.

É a primeira vez que isso ocorre na história do Timão.

Membros do Conselho Fiscal desconfiam que o Corinthians estaria descumprindo acordo de pagamento das dívidas fiscais (contraídas quando Raul Corrêa da Silva era diretor financeiro, que aproximam-se de R$ 1 bilhão, com juros e correções), já que as parcelas não estão especificadas na Previsão.

Por conta disso, o diretor de finanças, Emerson Piovesan, deverá ser questionado sobre o assunto, para explicar se a suspeita tem fundamento (caso contrário, terá que retificar o documento enviado aos conselheiros fiscais)

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: