Advertisements
Anúncios

Empresário que processa São Paulo tratava Wellington como escravo

Publicamos, há dois dias, que o empresário Valdir Rodrigues Veloso ingressou com processo contra o São Paulo cobrando pendências que julga ter o clube com seus agenciados.

Wellington e Maicon seriam os jogadores.

http://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/06/17/empresario-de-wellington-e-maycon-processa-sao-paulo/

Soubemos, porém, por gente ligada às partes, que a história contada pelo empresário não é exatamente a expressão da verdade.

Maicon, por exemplo, há tempos não possui vínculo com Veloso, e o caso de Welington, mais grave, nos remete aos tempos da escravidão.

Assim que levou o jogador a fechar contrato com o São Paulo, Veloso estabeleceu cláusulas leoninas com Wellington, obrigando-o a repassar-lhe 50% dos valores de suas luvas e 25% de tudo o que recebesse daí por diante.

Salários, acertos com a Nike, bichos, premiações, etc.

Wellington era obrigado ainda a rachar despesas outras do empresário, que nem sempre tinham a ver com o referido agenciamento.

Ficou acertado que o São Paulo descontaria em folha e repassaria os valores à empresa de Veloso, a Power Ball, que é a utilizada na abertura do processo.

Porém, noutra ação, Wellington, que mantinha sociedade em empresa criada apenas para assegurar o vínculo de ambos, no mesmo endereço da citada anteriormente, denominada WV Sport & Marketing Ltda, contou sua história de opressão, rompendo o vínculo existente entre ambos.

Avisado pelo atleta, o São Paulo se solidarizou e deixou de repassar os valores que o empresário Veloso julga ter direito, ocasionando o novo imbróglio judicial.

Há outros casos semelhantes de atletas indignados com o empresário, e que em breve virão à tona, dando a entender realmente que o atleta do Tricolor possui razão em suas reclamações.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: