Anúncios

PVC responde com arrogância, mas leva de volta

pvc-e-crefisa

No último domingo, o jornalista PVC publicou coluna na FOLHA em que justificava a injeção de recursos da CREFISA no Palmeiras com o deplorável termo: “Não se rasga dinheiro”, frequentemente utilizado pelos que aceitam desvios de conduta para benefício próprio ou para determinado grupo de pessoas.

Contextualizando:

“Não se trata de dispensar a Crefisa. Não se rasga dinheiro. Mas é possível usá-lo para fazer a transição necessária entre ser clube comprador e formador de seus próprios ídolos.

A Crefisa promete investimento no esporte amador e no clube social, contrapartida à eleição de Leila Pereira e de José Roberto Lamacchia, agora conselheiros. Por que não incluir dinheiro para montar a estrutura na formação de jogadores?”

https://blogdopaulinho.com.br/2017/02/19/pvc-crefisa-e-o-dinheiro-que-se-rasga/

O Blog do Paulinho, por razões óbvias, criticou o pensamento, deixando claro que “(…) ao falar sobre as vantagens trazidas pela CREFISA com nítido olhar palmeirense, PVC esqueceu-se da análise jornalística, que, até pela responsabilidade adquirida em anos de trabalhos respeitados, precisa ser mais aprofundada.”

Nenhum ataque pessoal ao jornalista, apenas discordância de seu pensamento.

PVC, nos bastidores da imprensa, é absolutamente agradável com quem lhe afaga o ego ou, no entendimento dele, possui algum poder decisório em empresas relevantes da grande mídia.

Mas, basta contrariá-lo para despertar-lhe arrogância, prepotência e até alguma má-educação.

Todas as vezes que encontrei-me com PVC, estando em concordância com suas idéias ou, talvez, por ser amigo de pessoas em comum com ele, sempre fui tratado com respeito e até alguma reverência.

Na entrega do Prêmio Comunique-se, em 2011, quando dividimos o protagonismo entre os três blogs de Esporte (Blog do Paulinho, Blog do Juca e Blog do PVC) indicados como melhores do Brasil, em meio aos dez finalistas (de áreas diversas), chegou a dizer: “sensacional você estar aqui. Seu trabalho é ótimo”.

Aparentemente, tratava-se de elogio “da boca para fora”.

Explicaremos na sequencia.

Depois disso, num debate tratando de torcidas “organizadas”, ousei discordar de uma fala, equivocada, de PVC, que, na presença de alguns deles, disse “nunca ter presenciado episódio de jornalista ser agredido por esses torcedores.”.

Foi o suficiente para ser tratado com desrespeito (tenho algumas testemunhas, como o escritor José Renato Santiago), tendo recusado o aperto de mãos ao final do debate.

Em sequencia, após, num de meus textos, ter tratado a avaliação de PVC sobre as “organizadas” como ingênua demais para quem tem a obrigação, como jornalista, de ser mais “antenado”, recebi de volta o seguinte comentário, falado pelo próprio, num dos programas da ESPN (local em que trabalhava): “tem gente que para fazer sucesso precisa ficar na sombra de jornalista conhecido”.

De maneira maldosa, mesmo conhecendo a verdade, o irritado comentarista deu luz às maledicências de gente que utiliza factóides para desqualificar o trabalho de quem incomoda a cartolagem nacional, apenas por sentir-se tocado no ego.

Convenhamos, PVC é, de fato, um dos melhores comentaristas esportivos do país, em seu estilo “estatístico”, mas que não se confunda com “jornalismo”, profissão em que estar bem informado e dissociado de paixões clubísticas é absolutamente necessário para atuação minimamente aceitável.

Voltemos ao episódio de ontem: logo após comentarmos o texto da FOLHA (justificando a CREFISA), publicamos foto de PVC, com a camisa do Palmeiras (em que destacava-se o nome da patrocinadora), ao lado de Leila Pereira, a quem beneficiou com a referida análise, em sua coluna dominical.

Pensamos, não que o jornalista estava sendo desonesto, mas ingênuo e mal-informado, como não deveria ser alguém com sua projeção de mídia e credibilidade.

Fomentado pela reação das mídias sociais, PVC enviou a seguinte mensagem ao Blog do Paulinho, via wathsapp:

“Paulinho. PVC. Você não quer falar comigo sobre a foto? Deveria…”

Respondi, por áudio:

“Oi PVC, tudo bem ? Estou num almoço… saindo daqui eu te ligo… pode ser ? Um abraço”

PVC:

“Vou fazer entrevista com Zé Ricardo. Te ligo depois das 15h.”

Paulinho:

“Estarei no ar entre 15h e 15h30 (gravando a coluna do Fiori)… depois disso qualquer horário e tranquilo…”

PVC, já com alguma arrogância, respondeu:

“Se terminar antes das 15h, te ligo antes. Quero que você publique exatamente o que eu vou te dizer.  Quem publicou que a candidatura da Leila estava vetada fui eu. Não se esqueça disso. Tinha de ter me ligado.”

Respondi:

“PVC fique tranquilo… o espaço é todo seu… com relação a foto, o sentido da postagem é sua falta de cuidado, consigo próprio, em aparecer ao lado desse tipo de gente em fotografia… sei que é honesto (não coloco isso em dúvida), mas exagerou no direito de ser ingênuo e estar mal informado… além do temível termo “não se rasga dinheiro” utilizado para justificar a utilização dos recursos da Crefisa no Palmeiras… PVC nada tenho contra você… critiquei o texto, em si… aguardo seu contato… em meia hora estarei tranquilo…”

Perto das 14h45, PVC ligou e, para minha surpresa, com absoluta arrogância, prepotência e falta de educação, disse, após eu atender com “Oi PVC, tudo bem,?”:

“Alô… você é um escroto ! Não, não está nada bem ! Você foi escroto comigo! Mas vamos lá”

Retruquei:

“Eu fui o que com você?”

PVC:

“Você não colocou a porra da foto ?”

Paulinho:

“Coloquei a foto e mostrei que era por conta do texto anterior”

Acreditando estar tratando com alguém que se intimidaria com sua “fama”, PVC tentou desqualificar-me:

“Não, não vi texto nenhum ! Não entro no seu blog, pra minha felicidade eu não entro…”

Difícil é saber se faltou com a verdade agora ou quando, ao encontrar-me em alguns eventos, elogiou-me efusivamente.

Por razões óbvias, ao ser tratado de maneira desrespeitosa, terminei a conversa mandando PVC comer “tomate crú” (o leitor, inteligente, decifrará), orientando-lhe a procurar a Justiça se assim julgar necessário, porque não mais ouviria esse tipo de “argumentação”.

É isso.

Nem sempre o que se vê na TV é o que realmente acontece nos bastidores.

Anúncios

9 Respostas to “PVC responde com arrogância, mas leva de volta”

  1. Renato Maia Says:

    Como disse certa vez Nelson Rodrigues: “o dinheiro compra tudo, até o amor sincero”.

  2. luizdireg Says:

    Brigas de egos. É o PVC arrogante, querendo impor sua opinião e do outro lado, Paulinho arrogante, também querendo impor sua opinião.
    Minha mãe sempre dizia que “dois bicudos não se beijam”, portanto…

  3. Divanio (@DCLS45) Says:

    Parabéns Paulinho, por sempre manter a sua postura. Os que tem à sua disposição as câmeras não mostram diante delas a sua FACE OCULTA.Diferentemente de você, Paulinho. Parabéns por sua ética e postura,perante a pequenos e grandes. Os trata da mesma forma.

  4. protossevolution Says:

    Bom, os dois estão simplesmente errados. Que o PVC é infeliz, qualquer Palmeirense sabe. Mas o Paulinho dizer que o jornalista não pode vestir a camisa do clube, foi totalmente hipócrita. Não ê este blog onde o jornalista, mesmo diante de evidências de jornais, de testemunhas, etc, atestando que a Copa Rio não foi apenas um mundial, foi o mais impressionante de todos, seja pela dificuldade ( com 5 times Uefa e 3 Conmebol) ou pela repercussão ( nunca um mundial, Fifa ou Toyta, teve tamanho clamor público, onde, além do maior público nos estadios, ai da teve oclube campeão em carro de bombeiro, sendo recebido por 1 milhão de pessoas mas ruas de Sampa, metade da população na época, incluindo torcedores rivais, tamanho o feito). Pois bem, mesmo diante desses fatos, todos registrados nos periodicos da epoca, o jornalista “não clubista”, tenta, a todo custo, menosprezar o o torneio, e ao mesmo tempo, vangloriar o torneio dr 2000, que tambem totalmente documentado, se encontram evidencias a rodo, que desmerecem o valor técnico e meritocrático do campeonato.

    Ou seja, é o sujo, falando do mal lavado…

  5. PVC insiste na prepotência. Blog do Paulinho publica áudio da conversa | Blog do Paulinho Says:

    […] https://blogdopaulinho.com.br/2017/02/21/pvc-responde-com-arrogancia-mas-leva-de-volta/ […]

  6. Edwaldo Oliveira Says:

    Os Cúrintiânus, precisam fazer uma “engenharia verbal”, para defender um “torneio de verão”, onde os próprios jogadores, disseram que vieram para o Brasil, para curtir e beber… Quem sabe um dia, possam entende isso…

  7. tavares41 Says:

    Lava Jatp na Crefisa! Lavagem de grana inclusive nas organizadas!!!!!

  8. Alan Cézar (@EUABSOLUTIS) Says:

    Edwaldo Oliveira Says:
    fevereiro 22, 2017 às 7:19 am

    Coitadinho, não precisa fazer “engenharia verbal”, tendo no mínimo dois neurônios você conseguirá entender, entre na página OFICIAL do torneio que está tudo explicadinho.

    Coitadinho, aceite a realidade dos fatos. Tomar como base, opinião dos derrotados no torneio, ou seja, opinião mentirosa e dada por perdedores, é totalmente inválida e tolinha!!!!

    Este seu sofrimento, com certeza, será ETERNO!!!

  9. Adilson Lazinho Says:

    NO MINIMO SUA INVEJA JÁ O INFECCIONOU, NÉ ? GAMBÁ, SARDINHA OU BORBOLETA ? URUBÚ NÃO VALE , TÁ ?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: