Anúncios

As irregularidades da Previsão Orçamentária do Corinthians

rachid, piovesan, mané

Já caminhando pelo mês de fevereiro, o Corinthians segue sem aprovar sua previsão orçamentária, documento que tem por objetivo impor limites a gastos, recebimentos e ações da gestão administrativa do clube.

É a primeira vez que isso ocorre ma história do Timão.

Em duas oportunidades a diretoria financeira demonstrou-se incapaz de adequar a contabilidade alvinegra ao PROFUT, sem contar a falta de transparência ao não submeter os dados (talvez pela flagrante irregularidade), à aprovação do Conselho Fiscal, razão da retirada de pauta em reunião do Conselho Deliberativo.

Oposicionistas alvinegros elencaram as seguintes desconformidades com a Lei:

  • não demonstração das informações separadas por atividade econômica e modalidade esportiva;
  • falta de divulgação das informações e de todos os documentos que atestem o cumprimento no disposto nos incisos I a X do art. 4º do PROFUT;
  • falta de transparência na gestão da movimentação de recursos e de fiscalização interna;
  • falta de demonstração dos custos com Folha de Pagamento e Direitos de Imagem (não podem superar 80% da renda bruta anual das atividades do futebol profissional);
  • falta de demonstração dos valores para investimento mínimo em formação de atletas, no futebol masculino e feminino, além de ingressos a preços populares;
  • falta de regimento interno do Conselho Fiscal;
  • falta de isenção e autonomia do Conselho Fiscal (um dos conselheiros era funcionário do Presidente Roberto Andrade na vida particular);
  • antecipação de receitas na forma de luvas para renovação do contrato de TV sem submeter à aprovação do Conselho Deliberativo, em desconformidade com as normas do PROFUT;
  • falta de transparência na gestão de movimentação de recursos e de fiscalização interna;
  • não redução dos prejuízos nos limites exigidos pela Lei à partir de 2017;
  • atrasos de salários em 2016

A maior parte das irregularidades sequer são rechaçadas pela diretoria do Corinthians, que tenta, utilizando-se do hábito de controlar o Conselho (eleito sob o cabresto do “chapão”). aprová-las ainda assim, preocupando-se apenas com a própria governabilidade, sem dar bola às graves sanções que podem ser impostas ao clube (entre as quais rebaixamentos de campeonatos) pelo evidente descumprimento da legislação.

Anúncios

Uma resposta to “As irregularidades da Previsão Orçamentária do Corinthians”

  1. tavares41 Says:

    O tempo acerta todas mas Previsoes!!!!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: