Indicação de Jaça para base do Corinthians é gatilho de confusão com Diretor do Amador

Jaça e Mané da Carne

Jaça e Mané da Carne

Acuado, temendo perder apoio político que pode levá-lo ao impeachment, o presidente do Corinthians, Roberto “da Nova” Andrade, entregou o “Filé” das categorias de base do clube para “parceiros” do ex-mandatário Andres Sanches (PT).

O sub-20 tem o ex-lateral Coelho como treinador e o sub-23 terá o conselheiro Jaça, responsável, entre outras coisas, por apresentar o deputado, quando este era mero desconhecido, no Parque São Jorge.

A indicação, ainda oficiosa, já está gerando confusão.

Apesar de historicamente submisso, o diretor geral, Faustinho Bittar, sabe que a entrada de Jaça no departamento, seu superior em hierarquia no grupo “Renovação e Transparência”, acabará por relegá-lo a mero assinador de papéis, quando não servidor de cafezinhos, sem poder algum, beirando a humilhação.

No último final de semana, por conta disso, Faustinho desabafou a seus mais próximos:

“Se o Jaça entrar por uma porta, eu saio pela outra”.

Não se sabe se terá coragem para tal (não é sua qualidade mais conhecida), mas, desde já, evidencia-se a grande dificuldade do atual presidente do Corinthians, Roberto Andrade – que acabou de indicar Faustinho ao cargo – em manter as rédeas de sua gestão.

Faustinho Bittar

Faustinho Bittar

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.