Palmeiras segue tocado pela política do mecenato

porco dinheiro

Em situação irregular no Palmeiras, a esposa do dono da CREFISA, Leila Pereira, injetou R$ 28,7 milhões a mais do que previa o acordo de patrocínio com o clube, para contratações de jogadores.

Já havia agido assim no ano anterior.

A situação, absolutamente inadequada de atletas do clube serem ligados a patrocinadores, implicitamente pressionando o treinador, agrava-se no período atual, em que a referida senhora, conhecida como “Uma Linda Mulher”, luta para que lhe seja permitido o direito (que não possui) de concorrer ao Conselho palestrino, e, em sequencia, à Presidência.

Pega mal, cheira ainda pior.

Diante do quadro em que a imprensa, quase toda, de maneira suspeita, enxerga apenas notícias positivas entre a parceria Crefisa/Palmeiras,os que se contrapõem e mostram fatos divergentes dos frequentemente publicados estão sendo “caçados” judicialmente pela empresária, em atitude que demonstra autoritarismo e ausência absoluta de democracia.

Em 2016, a CREFISA solicitou, sem êxito, que o Blog do Paulinho fosse retirado do ar, reiterando o pedido, novamente, no início de 2017, mas conseguiu, em liminar, que as notícias fossem retiradas.

Agiu assim também com a revista Isto É.

É compreensível que o Palmeiras abra as portas do clube para o dinheiro da CREFISA no que diz respeito a patrocínio de camisa, mas não que aceite servir de objetivo comercial (e sabe-se lá o que mais) para quem tem por hábito desrespeitar leis (sejam elas as do clube – Dna “Linda” encontra-se em situação irregular – a constituição, que permite a livre informação, ou até mesmo outras mais graves, que estão sendo investigadas pela PF e, se comprovadas, trarão ao clube ainda mais desconforto).

EM TEMPO: para esclarecer possíveis distorções habituais dos advogados da CREFISA, o Blog do Paulinho respeita a juíza que cuida dos embates judiciais descritos na matéria, mas, democraticamente, discorda de parte das suas decisões. O Blog do Paulinho esclarece também que não teme pressão de quem quer que seja, muito menos da CREFISA, sejam elas quais forem. O objetivo deste espaço é dar luz à opinião pública sobre fatos e desvios de conduta da empresa e seus proprietários, não difamá-los.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.