O dia em que o Neto me sacaneou e a todos do Masters

basilio-neto-e-palhinha

Por JOÃO BOSCO TURETA*

IMPERDOÁVEL ! O dia em que o NETO me sacaneou e à todos do Masters !

Explico: Para a inauguração na suntuosa arquibancada no Parque São Jorge, cabines de imprensa- Matheus nos pagou 30 mil de quota – mil para ex-atleta.

Nosso REAL time do Masters que vinha jogando, tinha condição de fazer frente ao Corinthians que “capengava” no campeonato.

O jogo seria festivo, o time campeão de 77 e o time campeão de 90.

Parque São Jorge lotado- 30 mil pessoas.

O Masters começou com vários ex-atletas de 70 que não vinham jogando, problemas de lesões de joelho, tornozelo, mas ficariam em campo por 20 minutos e aí seria pra valer.

Basilio, técnico do profissional, Palhinha, Luciano, Zé Eduardo, Ademir, Luis Carlos, sem nenhuma condição fisica e técnica.

Em 20 minutos, comandados por NETO como um leão em campo- fizeram seis ou sete gols.

Não respeitaram aquilo que nosso Masters fez em Cornélio Procópio contra o Comercial- campeão paranaense, respeitamos os velhinhos dando espetáculo sem forçar para fazer gols…mais de 25 mil pessoas foram ver seus idolos.

Confesso que foi uma das piores sacanagens que sofremos nos quase 400 jogos do Masters- 12 a 0.

Aproveitaram-se de meia dúzia em campo que tinham uma perna só ! Chocante ! A foto da GP, Neto entre Basilio e Palhinha ! Não tem desculpa e nem explicação !

*JOÃO BOSCO TURETA é jornalista e escreveu o desabafo em seu facebook

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

4 Replies to “O dia em que o Neto me sacaneou e a todos do Masters”

  1. Típico de curicano. Outro exemplo?? O atual estelionatário e golpista Edilson (finado capetinha), que num jogo para jovens verem Ademir da Guia e Dudu, ficou dando dribles e disputando jogadas fortes com essas duas lendas palmeirense, como se fosse jogo de final de campeonato.
    Neto e Edilson: ambos desprezíveis.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.