Se aprovado, novo estatuto do São Paulo prevê remuneração para Presidente do clube

ceni spfc

Logo mais à noite, o Conselho Deliberativo do São Paulo votará a aprovação, ou não, das reformas estatutárias orientadas por uma comissão que, durante meses, se debruçou entre idéias e discussões até que se chegasse num documento final.

Se aprovado, o novo Estatuto terá ainda que ser referendado em Assembléia Geral, mas poucos acreditam e rejeição.

Entre diversas proposições, chamou-nos a atenção para o Item que estabelece remuneração para o Presidente Eleito, desde que trabalhe exclusivamente para o clube.

Trata-se de uma faca de dois ou mais gumes.

O salário, para compensar a dedicação, e, principalmente, a responsabilidade, não poderia ser pequeno.

Empresários bem sucedidos, que não podem se afastar de seus afazeres particulares, não receberiam a remuneração.

Porém, os que precisam do dinheiro governariam pressionados pela necessidade de sobrevivência pessoal, perdendo um pouco da independência, que pode levar o mandatário a realizar acordos políticos (para se manter no poder) nem sempre adequados à instituição.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.