A regra é clara ?

arnaldo-cezar-coelho-e-ronaldo

Da FOLHA

Por MÔNICA BERGAMO

O empresário e banqueiro Ronaldo Cezar Coelho aderiu ao programa de repatriação de recursos, encerrado no dia 31 de dezembro.

NA SUÍÇA

Coelho foi apontado pela Odebrecht como um dos operadores de R$ 23 milhões repassados pela construtora, via caixa dois, à campanha presidencial de José Serra (PSDB-SP) em 2010. A empresa diz que parte do dinheiro, segundo revelou a Folha, foi transferida por meio de uma conta na Suíça. Serra nega irregularidades. Coelho não se manifestou até agora.

SIGILO

Advogados de Ronaldo Cezar Coelho também não se manifestaram sobre a repatriação já que a operação está protegida por sigilo.

TUDO PAGO

Brasileiros que admitiram manter recursos não declarados no exterior e pagaram impostos e multas estão anistiados de crimes como sonegação, falsificação de documentos, falsidade ideológica e evasão de divisas. O perdão das irregularidades está previsto na lei que permitiu a repatriação. No total, 25.114 brasileiros e 103 empresas regularizaram R$ 169,9 bilhões.

NOTA DO BLOG: Ronaldo é irmão de Arnaldo Cezar Coelho, comentarista de arbitragem da Rede Globo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.