Advertisements

Andres Sanches desmente-se em entrevista e revela que o Corinthians ainda deve R$ 500 milhões à Odebrecht

Ontem (22), na mesma ‘live’ que utilizou para entregar o ex-vice de esportes terrestres do Corinthians, Felipe Ezabella, afirmando que o cartola embolsou R$ 500 mil da transação envolvendo Corinthians, Sporting e Elias, o presidente Andres Sanches falou sobre a dívida alvinegra na construção do estádio de Itaquera.

Acabou por desmentir-se.

Sanches afirmava, inclusive a conselheiros, que o Corinthians havia quitado a pendência com a Odebrecht, restando, apenas, o empréstimo intermediado pela CAIXA junto ao BNDES.

O discurso agora aproximou-se mais da realidade.

Segundo Andres, falta pagar R$ 900 milhões, sendo R$ 500 milhões à Odebrecht Participações e Investimento (controlada pela construtora) e R$ 400 milhões ao banco, já abatidos os quase R$ 600 milhões em CIDs.

Ou seja, na conta do presidente alvinegro, com juros e correções, se quitado hoje o estádio teria custado R$ 1,5 bilhão.

Existe, porém, uma clara divergência: a CAIXA cobra, em ação judicial, quase R$ 600 milhões, não os R$ 400 milhões apresentados por Andres, por conta de calotes diversos nas parcelas do acordo.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: