R$ 875 mil mensais de Tite revelam desespero da CBF

tite 1

Publicação inglesa colocou Tite, da Seleção Brasileira, como detentor do segundo maior salário do mundo entre treinadores de equipes nacionais de futebol.

R$ 875 mil mensais, valor que a CBF, questionada, não desmentiu.

Tite perderia apenas para o técnico da Seleção Inglesa (ainda a ser definido), que receberá, certamente, mais de r$ 1 milhão.

Não se trata, por razões óbvias, de criticar o valor do trabalho do treinador, mas de evidenciar o desespero da CBF, que, à ápoca do acordo, pagava pouco mais de R$ 350 mil a Dunga (média que outros técnicos, anteriores, também recebiam), e se via (ainda permanece assim) envolvida em graves escândalos de corrupção, que impedem, por exemplo, o presidente da entidade de deixar o país, temeroso que está de possível mandado de prisão expedido pelo FBI.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.