Inquérito Policial de Campinas investiga extorsões do site “Futebol Interior”

edgard soaresarthur Eugênio mathias

Motivado pelo treinador do Guará, João Telê, a polícia de Campinas, em seu 4º DP, abriu inquérito para investigar diversos relatos de extorsão que seriam praticados pelo site “Futebol Interior”, com extensa lista de prejudicados.

Deverão ser chamados a depor, como vítimas, profissionais do futebol (treinadores e atletas), além de jornalistas e entidades sindicais (ACEESP, FENAJ, etc).

São proprietários do site: Arthur Eugênio Mathias, que tem em seu currículo investigações graves (inclusive em CPI, donde saiu algemado) pelos crimes de roubo de carga e narcotráfico, além de Elcio Paiola e Edgar Soares (sócio oculto).

Há outros processos, já em tramitação judicial, que acusam o Futebol Interior dos mesmos crimes, todos ligados a cobrança de propina para publicação de matérias “positivas”, e ameaças de “retaliação editorial” se a “vítima” se negar ao pagamento das indevidas “vantagens”.

Em exemplo, na ação nº 1031202-05.2015.8.26.0114, o ex-dirigente do Guarani, Lucas Andrino diz ter sido ameaçado pro Arthur Eugênio, recusando-se a atendê-lo, e, consequentemente, passou a ser injuriado.

Anos atrás, acolhendo denúncia do Blog do Paulinho, a ACEESP, à época zelosa pela profissão, expulsou de seus quadros os donos do “Futebol Interior”.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.