Sem clima na diretoria, vice-presidente do Corinthians adere à proposta da oposição

andres fashion 2

Em reunião de associados e conselheiros do Corinthians, realizada no Parque São Jorge, na última segunda-feira, com objetivo de discutir alterações no estatuto do clube, principalmente o fim do sistema de votação por “chapão”, espécie de cabresto eleitoral, o vice-presidente alvinegro, Jorge Kalil, surpreendeu.

Contrariando os desejos da diretoria (da qual faz parte), posicionou-se abertamente favorável às propostas da oposição.

O gesto foi justificado pelos presentes como consequencia da briga do dirigente com o conselheiro Manoel Ramos Evangelista, o Mané da Carne (acusado de corrupção nas categorias de base), braço direito de Andres Sanches (lider da diretoria) que teriam deixado Kalil sem clima na atual gestão.

Outros dissidentes, com discurso de opositores, também estiveram presentes, evidenciando ainda mais um racha, antes apenas suposto, mas a cada dia sendo mais explicitado.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.