Corinthians recusou R$ 15,8 milhões por Pato, há uma semana. Por que aceitaria R$ 10,8 milhões ?

pato e duilio 2

Há uma semana, conversamos com empresário ligado ao mercado asiático, que trocou emails com o presidente do Corinthians, Roberto “da Nova” Andrade, solicitando autorização para negociar Alexandre Pato com equipe chinesa:

“A proposta é de 11 milhões de Euros. R$ 39,6 milhões. Destes, R$ 15,8 milhões para o Corinthians e o restante a ser dividido entre o staff de Pato e demais intermediários”

O negócio somente não foi fechado, segundo o agente, por desacordo comercial com Gilmar Veloz (agente do atleta) e Andres Sanches, que exigia gordo comissionamento:

“O Andres quer ganhar sozinho. Tenho aqui a proposta, à vista. Sou corinthiano. O clube receberá quase R$ 16 milhões. Mas o Roberto, a mando do Andres, não autoriza sequer a carta para que possamos dar sequencia ao negócio, Preciso apenas de uma semana de prazo”.

Dias depois, o Corinthians anunciou a venda do atleta por quase R$ 5 milhões a menos, R$ 10,8 milhões para os caixas alvinegros.

No total, por dedução (acrescendo 60% restantes): R$ 27 milhões.

Fica a dúvida: Por que, sabedor de que poderia receber 100% dos montantes acima se saísse do Corinthians daqui a cinco meses (seja R$ 39,6 milhões ou R$ 27 milhões), Pato e seu agente aceitariam migrar para uma equipe menor da Espanha, o Villarreal, perdendo uma fábula em dinheiro, além de mais R$ 800 mil mensais (fora 13º salário) até o final do ano ?

Estaria o atleta devendo favores comerciais a Andres Sanches e demais associados no negócio, precisando, em consequencia, pagar a “taxa” previamente combinada ?

Os R$ 800 mil mensais (maior salário do futebol brasileiro) entraram, estes anos todos, apenas no bolso do atleta ?

As matérias abaixo, explicando, com documentos, detalhes da transação e procedimentos dos envolvidos na transferência ao Corinthians, talvez expliquem melhor as dúvidas levantadas:

Detalhes (com documentos) da criminosa transferência de Alexandre Pato para o Corinthians

Em contrato, Pato cedeu imagem gratuitamente ao Corinthians (confira documento, na íntegra)

Na “Providence” de Duílio “do Bingo” funcionários eram presenteados com “mimos” do Corinthians

Caso Pato: em vídeo, filho de Andres Sanches, em Miami, trata Duílio “do Bingo” como “parceiro”

Negócio “Alexandre Pato e Corinthians” está nas mãos do FBI

Levando-se em consideração apenas os números “oficiais”, que não devem ser verdadeiros (o buraco é maior), o prejuízo do Corinthians com a operação atingiria valores próximos dos R$ 61,9 milhões.

  • R$ 52,7 milhões (corrigidos) pagos no ato da compra;
  • R$ 26,5 milhões pagos em salários;
  • R$ 17,3 milhões recebidos (venda de Jadson (R$ 6,5 milhões) e de Pato (10,8 milhões)
Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.