CET cobra R$ 7,8 milhões do Corinthians na Justiça

rachid, piovesan, mané

Na última quarta-feira (06), a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo) ingressou com ação de cobrança contra o Corinthians, por calote no pagamento de serviços executados em dias de jogos no estádio de Itaquera.

A dívida já atinge R$ 7.848.609,27.

O processo tramita na 7ª Vara de Fazenda Pública e está a cargo do juíz Emílio Migliano Neto.

Até o momento o clube ainda não foi notificado.

O responsável pelo deparamento de finanças alvinegro é Emerson Piovesan, que na fotografia que ilustra a matéria está ao lado do conselheiro Mané da Carne, investigado pelo MP-SP por desvios de conduta nas categorias de base do Corinthians.

Facebook Comments
Advertisements

One Reply to “CET cobra R$ 7,8 milhões do Corinthians na Justiça”

  1. devendo pra ceet, nao consegue pagar estadio,nao consegue contratar jogador,ginasio interditado pra torcida,parquinho fechado a meses, churrasqueira caindo aos pedaço e abandonada, risco de fechar clube,tem alguma coisa la que essa turma do espanhol mafioso deputado petralha faz que seja dentro da lei la no corinthians ???????

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.