Advertisements

A América é novamente do Chile, para desespero de um gênio do futebol

messi eua

Após empatar no tempo normal e na prorrogação com a Argentina, o Chile comportou-se melhor nas penalidades e venceu mais uma Copa América, a segunda em dois anos, desta vez nos Estados Unidos.

O gênio, Lionel Messi, segue sem vencer um torneio importante por sua seleção, desta vez com ares dramáticos, perdendo uma das cobranças de pênaltis da decisão.

De fato o futebol nem sempre é justo.

Na primeira etapa, os argentinos dominaram as ações ofensivas, apesar de criarem poucas chances, uma delas, inacreditavelmente perdida por Higuaim.

Messi tentava sozinho vencer o ótimo conjunto chileno e a ineficiência da grande maioria de seus companheiros.

Mas nada conseguia ser pior do que a atuação do árbitro brasileiro Heber Roberto Lopes, que expulsou um jogador de cada lado, em claro exagero, e ainda amarelou o gênio por simulação que não cometeu.

O segundo tempo foi mais truncado, com ambas as equipes temerosas, que pareciam esperar para decidir o jogo na prorrogação.

Veio o tempo extra, mas o equilíbrio permaneceu, levando a final para as penalidades.

Vidal bateu mal, e Romero defendeu, para alegria dos argentinos.

Inacreditável ! Messi bateu por cima ! Zero a zero.

Castllo, forte, no alto, um a zero.

Mascherano, pancada no meio, um a um.

Aranguiz, pancada, canto esquerdo, dois a um Chile.

Aguero empatou, com categoria, dois a dois.

Beaucejour, três a dois.

Biglia perdeu e a Argentina se desespera.

Silva marcou o quarto e garantiu mais uma Copa América para o Chile.

Advertisements

Facebook Comments

One Response to “A América é novamente do Chile, para desespero de um gênio do futebol”

  1. Carlo Ponzi (@CarloPonzi) Says:

    Lamentável! O Chile fez um baita de um trabalho na ultima década, sendo coroado com um bicampeonato incontentável, em que venceu de maneira convincente grandes seleções do mundo (vide Espanha no Maracanã em 2014). Mas o jornalistas só sabem falar da porcaria do Messi…. Acordem!!!! Queriam que Messi fosse Pelé, mas ele não passa de um Zico!

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: