Treinador do Guará envia provas de assédio para presidente do Botafogo-SP e comunica ação na CBF

Gerson Engracia Garcia

Gerson Engracia Garcia

No início da semana, publicamos denúncia do treinador João Telê, do Guaratinguetá, dando conta de que seus jogadores foram assediados pelo auxiliar técnico do Botafogo-SP, Marcinho, ao final da partida disputada pelas referidas equipes.

Auxiliar técnico do Botafogo/SP é acusado de assediar jogadores do Guará (ainda dentro de campo) na Série C

Sem se preocupar com a repercussão, o assédio foi retomado, no dia seguinte, através de mídias sociais.

Botafogo retoma assédio a jogadores do Guaratinguetá

Possesso, Telê ligou ontem para o presidente do Botafogo-SP, Gerson Engracia Garcia (foto), cobrando providências.

Antes, porém, através de whatsapp, enviou ao mandatário do clube diversas provas do ocorrido, entre as quais cópias de conversas dos aliciadores com os jogadores e o vídeo que retrata, em detalhes, a aproximação.

Em vez de demitir os funcionários do Botafogo responsáveis pela abordagem (ação natural de quem não possui conivência com esse tipo de conduta), Garcia disse a Telê que apenas os advertiu, ação esta considerada insuficiente pelo treinador do Guará, que prontamente comunicou-o que tomará as medidas cabíveis, na CBF e na Justiça.

Confira abaixo o vídeo que revela o assédio, com o funcionário do Botafogo, de prancheta na mão, anotando os telefones dos atletas, em conversa com jogador do Guará, e, em sequencia, percebendo a ação, João Telê conferindo as anotações, para depois travar discussão com o aliciador.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.