Advertisements
Anúncios

Auxiliar técnico do Botafogo/SP é acusado de assediar jogadores do Guará (ainda dentro de campo) na Série C

marcinho fernandes

O tempo fechou após a goleada do Botafogo/SP contra o Guaratinguetá, por seis a dois, em partida da Série C do Campeonato Brasileiro.

Marcinho Fernandes, auxiliar técnico da equipe de Ribeirão, teria assediado, ainda dentro do granado, dois jogadores do adversário.

O relato é do treinador João Telê, do Guará:

“Em relação ao assédio aos meus jogadores , o auxiliar técnico do Botafogo , acho que o nome dele é Marcinho, assim que acabou o jogo, dirigiu-se aos gêmeos (André e Anderson) pedindo nome e telefone.”

“(…) eu estava dando entrevista ao Esporte Interativo , quando terminei vi o Anderson e André junto com ele, que estava com caneta e a prancheta na mão anotando telefone e nome.”

“(…) quando indaguei-o sobre querer telefone do meu jogador, ele disse que queria só o nome. Daí falei que o nome consta na súmula. Ele ficou mudo…”

“Perguntei aos garotos o que ele queria. Responderam-se que o auxiliar do Botafogo pediu o telefone deles. Fui na prancheta dele é estava la anotado. Fiquei furioso e o chamei de desonesto, que ele teria que nos procurar no clube pra tratar de jogador, que ele não tinha ética, chamei de vagabundo, safado, mal caráter e ele foi saindo de mansinho todo sem graça.”

“(…) pedi para o árbitro colocar na súmula e vou representa lo na CBF e FPF, pois os garotos são testemunha e os vídeos não ao mentem.”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: