Advertisements

Olimpíadas 2016: calamidade anunciada

lulanuzman

O espúrio acordo envolvendo governantes do Rio de Janeiro e a Presidência da República, decretando “calamidade pública” no Estado para viabilizar, com mais rapidez, repasses excedentes de verbas para tapar o buraco de superfaturamentos e incompetências diversas, ligadas à organização dos Jogos Olímpicos de 2016 (fala-se em “remendo” de R$ 3 bilhões), trata de confirmar o que órgãos sérios de imprensa anunciaram, anos atrás, minutos depois da escolha do Brasil como sede do evento.

Para valer-se das benesses do populismo irresponsável, e das propinas reveladas, o Governo Lula viabilizou para o país (amparado pela conivência do COB- que ajudou a mentir) três eventos que, claramente, nossos governantes não possuíam competência, nem honestidade, para orquestrar: Pan-Americano, Copa do Mundo e Olimpíadas.

Deu no que deu.

Corrupção desenfreada, obras inacabadas, sangria de recursos públicos e consequente vexame nacional.

dilma olimpiadas

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: