Advertisements

Negociação de Tite com a CBF tem deixado Del Nero irritado

pato e veloz

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, após sapatear na própria dignidade ao contratar o treinador Tite para a Seleção Brasileira, que, meses antes, havia tratado-o como corrupto (em ação documentada e assinada), terá agora que ajoelhar-se diante do empresário Gilmar Veloz, responsável por formalizar o acordo entre as partes.

A negociação, tratada como fechada, não está ainda concluída.

Veloz tem se aproveitado da situação desconfortável da entidade, e pesado a mão nas exigências.

Distante da mesa de reuniões, Tite apenas aguarda o desfecho das tratativas.

Apesar das dificuldades, Del Nero, acuado, dificilmente deixará de anunciar o ex-corinthiano e sua trupe na próxima semana, evitando assim novo desgaste que seria ocasionado pelo vexame da desistência.

Gilmar Veloz é semelhante em hábitos aos dirigentes da Casa Bandida e atuou, recentemente, nos bastidores do negócio que levou o Corinthians a contratar Alexandre Pato por R$ 40 milhões, quando o Milan insistia em emprestá-lo sem custos (apenas pelo pagamento de salários) para o Timão.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: