Hernia de André ocasiona confusão no futebol do Corinthians

andré cachaça

Os empresários do atacante André, do Corinthians, ligados a Kia Joorabchian e ao BMG, o banco do Mensalão, passaram toda a semana em conversa com jornalistas vendendo a informação de que o jogador não atuava bem no clube porque estaria jogando no sacrifício, vítima de uma hérnia que precisaria ser imediatamente operada.

Culpavam, ainda, o departamento médico do clube, que teria sido negligente no diagnóstico.

Conversamos com gente ligada à comissão técnica do Timão, que, sob anonimato, esclareceu:

“É verdade que o André tem essa hérnia, porém, não surgiu agora, ela o acompanha há anos, desde a infância”.

“O departamento médico ofereceu-se para operá-lo desde o início, mas o jogador sempre alegou que não precisaria da cirurgia, que isso nunca atrapalhou seu desempenho.”

“É estranho surgir essa história neste momento… Fica a impressão de que os empresários querem pressionar para algo que não sabemos ao certo do que se trata.”

Há, porém, entre conselheiros alvinegros, quem conteste a declaração, dizendo que os médicos do Corinthians deveriam, nos testes realizados antes da assinatura do contrato, ter exposto o problema ou vetado a aquisição.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.