Advertisements

Justiça proíbe funcionamento dos Gaviões da Fiel por 120 dias. Proibição atinge estádios e desfile de carnaval

andres-marisa-gavies_thumb.jpg

Em novembro de 2013, o Ministério Público de São Paulo ajuizou ação contra a facção criminosa Gaviões da Fiel por descumprimento da clausula 4ª de Termo de Ajuste de Conduta assinado entre as partes.

“a Torcida Organizada obriga-se: a se abster de promover, incitar ou estimular, ainda que como mero partícipe, a violência, tanto no interior dos estádios de futebol como fora deles; e, inclusive, a se abster de promover, incitar ou estimular, ainda que como mero partícipe, de desinteligências consistentes em agressões físicas, depredações de bens móveis ou imóveis, ou troca de insultos com terceiros, pessoas físicas ou jurídicas”

Absolutamente incapazes de conviver em sociedade, no dia 23 de outubro de 2013, membros da “torcida” participaram de briga generalizada na Marginal Tietê após a partida disputada entre Corinthians e São paulo.

Um mês depois, a Justiça condenou os Gaviões a encerrar atividades por 120 dias, sob pena de R$ 30 mil diários de multa.

A escória recorreu, e, ontem, a decisão foi ratificada, com a facção já citada, imediatamente, sobre a manutenção da sentença.

Ou seja, se não houver alterações jurídicas nos próximos dias, os Gaviões da Fiel estão proibidos de abrir as portas por quatro meses, incluindo frequentar estádios e também desfilar no Carnaval de São Paulo.

EM TEMPO: a diretoria do Corinthians poderia aproveitar para recolocar as cadeiras, que foram retiradas detrás de uma das metas, para facilitar contato físico entre os Gaviões da Fiel, em meio a “poropopós” e “pós” diversos.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: