Advertisements

Negócios não param nas categorias de base do Corinthians

alba

Há poucos meses das eleições do Corinthians, o diretor das Categorias de Base do Corinthians, Fernando Alba, e seus aliados da gestão, continuam aquecendo o mercado de jogadores.

Não revelam ninguém, mas contratam como poucos.

Mais de cem jogadores, entre 17 e 20 anos recebem salários do clube, nenhum deles, como ocorreu nos últimos sete anos de gestão, em condição de serem alçados à equipe principal, que, teoricamente, seria o objetivo do setor.

Cara de pau, Alba, em recente entrevista, destacou a “importância” de realizar parceria com clube desconhecido do Paraguai, gerenciado pelo ex-ídolo Gamarra, mas comercialmente utilizado pelo empresário Regis Marques, parceiro de Andres Sanches.

O candidato a deputado pelo PT, inclusive, mora, quando vai ao Rio de Janeiro, num dos luxuosos apartamentos do empresário.

Por ocasião dessa “parceria”, Romero está no time principal, e, mesmo ainda em fase de afirmação, poderá ter a companhia de seu irmão gêmeo no clube, que poucos conhecem, juntando-se, ainda, a um garoto de 18 anos, recém contratado, oriundo da “fortíssima” seleção sub-20 do Paraguai, e que assinou contrato de três anos para jogar na base do Timão.

Preocupado apenas com os negócios, Alba sequer notou que a simples contratação do jovem paraguaio pelo clube é comprovação inequívoca de sua incapacidade de revelar jogadores no setor, que, depois do futebol, é o maior consumidor de recursos do caixa alvinegro.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: