Advertisements

Palmeiras procura Francisco Busico para intimá-lo em processo de desvio de dinheiro do clube

porco_thumb.jpg

Desde 2012, o Palmeiras trava batalha judicial contra o grupo que se apossou de R$ 290 mil dos cofres palestrinos, na gestão Arnaldo Tirone, entre eles o advogado Pedro Renzo, sócio do conselheiro Antonio Corcione.

Outro nome, porém, surgiu no processo como possível facilitador da operação.

Trata-se do ex-diretor financeiro Francisco Busico, de histórico familiar bem complicado.

Seu irmão, José Campizzi Busico, por exemplo, é conselheiro do Corinthians, além de auditor do TJD da FPF, e foi preso, recentemente, por corrupção e formação de quadrilha.

Voltando ao “Busico” palestrino, o clube tem encontrado dificuldades para citá-lo no processo.

Oficiais de Justiça perdem viagens e as “ARs” retornam, invariavelmente, negativadas.

Estranho é que não se tem notícias de alteração de endereço, nem que o ex-dirigente tenha deixado de participar de reuniões políticas do clube, e até em algumas do co-irmão, ao lado do parente, o que dá margem a diversas interpretações.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: