Anúncios

Coluna do Fiori

fiori - dicunto

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

apito limpo

“Pago o preço por ser eu mesma, por que a autenticidade é cara, a hipocrisia sempre é mais barata, mas eu não gosto de falsas virtudes…”

Brocardo de: Janaina Cavallin   

————————————————————

Tenebrosa

Desde os tempos que arbitrava futebol, declaradamente, sempre combati e continuo combatendo a grave conexão de muitos componentes da Justiça, do MP, como também dos Órgãos Investigativos com a administração da CBF, federações, clubes, este comportar, pode não ser ilegal, mas, é imoral, vez que:

Na condição de funcionários públicos e representantes das leis, cabe aos mesmos, exercer suas funções com absoluta independência

Definindo

Por ser conflitante a dúbia atividade gera desconfiança e desmoraliza aquele (s) que a praticam

————————————————————-

28ª Rodada do Brasileirão – 2017

Sábado 14/10

São Paulo 2 x 1 Atlético-PR

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Item Técnico

Sem problemas

Movimentação

Como principal: Por ter estado fora da clássica e corretíssima diagonal, dado momento da refrega a bola teve seu trajeto desviado por ter batido em seu corpo

Item Disciplinar

Advertiu e corretamente com cartão amarelo 01 dos defensores são-paulinos e 02 atleticanos, como também, por ter usado o cartão vermelho para expulsar Nikão, atacante da equipe paranaense

Domingo 15/10

Bahia 2 x 0 Corinthians

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)

Assistente 01: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG)

Assistente 02: Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Item Técnico

Agiu corretamente por ter corroborado com o assistente 02, quando da marcação de impedimento de um dos defensores da equipe da casa, complementado com bola no fundo da rede corintiana

Movimentação

Que diagonal que nada! Durante o transcurso da contenda, por duas ocasiões tentou mais não conseguiu evitar que a redonda batesse nele

Item Disciplinar

Foi correto nos momentos que advertiu 02 corintianos com cartão amarelo

Vedete 

Em algumas ocasiões, Ricardo Marques Ribeiro sentiu coceira e rodou a baiana

Atlético-GO 1 x 3 Palmeiras

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (FIFA-PR)

Assistente 01: Rafael Trombeta (PR)

Assistente 02: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Adicional 01: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Adicional 02: Fabio Filipus (PR)

Item Técnico

1º – O primeiro gol da equipe palmeirense marcado por William ocorreu de maneira irregular, vez que: após cruzamento da redonda executado pelo lado direito do seu ataque, ocorreu explicito empurrão do seu consorte Dudu no oponente Jonathan

Em Tempo

O acima, ocorreu em espaço totalmente aberto, certamente, bem visualizado pelo assoprador de apito, como também e principalmente por Fábio Filipus adicional 02, que, na cara dura; se fez de migue

2º – agiu corretamente no instante que sinalizou falta cometida por um dos atleticanos no goleiro palmeirense, no lance findado com a bola no fundo da rede

3º – sinalizou e corretamente a penalidade máxima favorável à equipe atleticana, cobrada por Walter, findada no fundo da rede da equipe alviverde

Item Disciplinar

Correto nos momentos que advertiu 01 dos defensores da equipe mandante e 02 atleticanos, assim como, por ter dado o segundo amarelo, seguido do vermelho, para o atleticano William

Completando

A omissão do árbitro quando da falta não sinalizada que antecedeu o primeiro gol do Palmeiras, seguida por seu adicional 02, influenciaram no resultado

29ª Rodada – Quarta Feira 18/10

Corinthians 0 x 0 Grémio

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Item Técnico

Sem problemas, pouco exigido, disputa pra baixo de fraquinha

Item Disciplinar

Correto por ter advertido com cartão amarelo 01 dos defensores corintiano e 01 dos oponentes

Fluminense 3 x 1 São Paulo

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Através visualizado no vídeo teipe, afianço que Leandro Vuadem errou e feio por não ter marcado a visível falta em cima do são-paulino Rodrigo Caio no lance antecedente ao segundo gol da equipe da casa. Quanto às reclamações dos defensores do São Paulo referente à marcação das duas penalidades máximas que findaram no primeiro e terceiro gol da equipe carioca, convencem-me, que foram injustificáveis

————————————————————

Politica

O labirinto de nossos erros

O jornalista Roberto D’Ávila me perguntou como chegamos à situação em que nos encontramos e na qual parecemos aprisionados. A sensação é a de que fomos cometendo erros, como se dobrássemos esquinas caminhando por um labirinto, sem saber o caminho de volta, ainda menos de ida: para fora das amarras que nos impedem de progredir civilizada e sustentavelmente. O labirinto se inicia com a escravidão e o latifúndio, mas não temos desculpas para os erros dos caminhos tomados nas últimas décadas, que foram contaminando o Estado, a economia e a sociedade por erros na política.

Dobramos uma esquina do labirinto ao conquistarmos a democracia e ao fazermos uma Constituição para apagar o passado autoritário, mas sem usá-la para construir o futuro da nação. Garantimos direitos sem determinar deveres, sem definir um sentimento de coesão nacional. Ficamos presos ao imediato de cada grupo sem instrumentos nem vontade para formular e construir o rumo para todos no longo prazo.

Aprofundamo-nos no labirinto por causa do endividamento público e privado, sem responsabilidade, de acordo com nossos recursos; derrubamos florestas, secamos rios; transformamos nossas cidades em “monstrópoles” divididas por “mediterrâneos invisíveis”. Protegemos com subsídios empresas ineficientes, sem buscar aumentar a produtividade, a competência, a inovação.

Elegemos governos progressistas, mas eles não fizeram as reformas necessárias; dobramos uma esquina do labirinto usando o Estado para financiar campanhas eleitorais com propinas e dando emprego a afilhados de políticos e a filiados dos partidos, sem respeito à competência dos nomeados. Depois do impeachment, no lugar de recuperar a credibilidade na política, pedida por milhões nas ruas, embrenhamo-nos no labirinto, com o atual presidente aparecendo sob suspeita de conivência com a corrupção.

O mergulho no labirinto foi aprofundado por parlamentares que aprovam leis sem o necessário rigor, olhando o imediato e seus próprios interesses eleitorais; cortamos verba para setores prioritários e liberamos recursos públicos para financiar campanhas eleitorais. Os tribunais, que trazem a esperança do enfrentamento da corrupção, agravam o caminho labiríntico ao se viciarem em privilégios e ao criarem instabilidade jurídica.

A injustiça social, a impunidade legal, o incentivo obsessivo ao consumo, a falta de bons exemplos vindos dos quadros dirigentes aprofundaram a marcha adentro no labirinto. Para sair dele, seria fundamental dispor de interpretações atualizadas sobre a crise da modernidade e o futuro do Brasil, mas nossas universidades parecem aceitar passivamente o contínuo caminhar no labirinto, sem inovação ou ineditismo e até sem respeito ao mérito.

O labirinto é o resultado de sucessivas escolhas erradas ao longo da história, mas a principal foi o descuido com a educação de nossas crianças, do nascimento até a vida adulta.

Publicado no jornal “O Tempo” – Criação do Professor, engenheiro e economista, atualmente senador: Cristovam Buarque

—————————————————————

A volta da escravidão

A Portaria 1.092, assinada pelo ministro do trabalho Ronaldo Nogueira, do PTB, confirmada por Michel Temer, tem como principal prático, obter o voto dos deputados da bancada ruralista, para impedir o prosseguimento das investigações sobre a denuncia do antigo diretor do MP Rodrigo Janot, que afirma: Michel Temer é chefe de quadrilha

————————————————————

Finalizando

“A escravatura humana atingiu o seu ponto culminante na nossa época sob a forma do trabalho livremente assalariado”

George Bernard Shaw – foi um irlandês dramaturgo, crítico e ativista politico

————————————————————–

Chega de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo

Acorda Brasil

SP-20/10/2017

Confira abaixo o programa “COLUNA DO FIORI”, desta semana, que foi ao ar pela rádio Rock n’ Gol e pelo YouTube:

*A coluna é também publicada na pagina Facebook:  “No intervalo do Esporte”

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: