Advertisements

Justiça censura Alberto Murray Neto em ação movida pelo Czar do COB

Nuzman mente e desafia Ministério do Esporte

Em decisão pra lá de suspeita, a desembargadora Mônica Maria Costa, do TJ-RJ, decidiu que o advogado paulista Alberto Murray Neto, combativo lutador contra as mazelas dos dirigentes esportivos, está proibido de fazer publicações “ofensivas” contra o presidente, que se acha Czar, do COB, Carlos Nuzman.

Não especifica, porém, o que significa “ofensivo” para o Tribunal.

R$ 1 mil de multa a cada citação, será a penalização.

Esse tipo de decisão, lamentavelmente, está se tornando comum nos tribunais de primeira instância,  onde muita gente diz que algumas sentenças não são tão caras assim, embora sejam raras nas instâncias superiores, como no referido caso.

Murray deve recorrer, e, com certeza, reverter o absurdo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: