Advertisements

Kalil Rocha Abdala é investigado por falta de transparência em contratos da Santa Casa

kalil mac

A Santa Casa de São Paulo, gerida pelo candidato à presidência do São Paulo, Kalil Rocha Abdala, vive um momento de caos admnistrativo.

São R$ 350 milhões em dívidas, além de acusações, gravíssimas, de falta de transparência em contratos firmados.

Entre eles os de aluguéis de imoveis pertencentes ao hospital – mais de 250 – sem que exista prestação de contas adequada à respeito.

O famoso prédio que abriga o Mappin, no centro de São Paulo, e hoje tem como locatária a Casas Bahia, é da Santa Casa.

Está alugado, oficialmente, por R$ 400 mil mensais (não foram exibidos documentos, ao conselho, que comprovem o valor da operação), e há suspeitas de pagamento por fora para corretores e possível retorno, não contabilizado, que poderia beneficiar Abdala.

Recentemente, publicamos números alarmantes da gestão Abdala no referido hospital, que, independentemente das acusações de corrupção virem a ser comprovadas, demonstram, ao menos, que sua gestão pecou pela incompetência.

A desastrosa administração de Kalil Rocha Abdala, candidato a Presidente do São Paulo, na Santa Casa de Misericórdia

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: