Advertisements
Anúncios

Sininho Black Bloc: retrato do Brasil e seus jovens que vendem manifestações

sininho

Após a prisão do assassino do jornalista Santiago Andrade, surgiu a informação, de maneira oficial, embora sem ocasionar surpresas, que os black Blocs, união de jovens vagabundos e criminosos, além de tudo, se vendem por R$ 150 para quebrar patrimônio público e privado, espancando e matando pessoas.

Suspeita-se que políticos, através de ativistas, repassem os valores para os animais descerebrados.

Falando em ativista, uma delas, a lamentável Sininho, chegou até a oferecer advogados gratuitos para os meliantes, dando a entender que faz parte desse esquema, sujo, em que muitos grupos se envolvem.

Para que se tenha noção do nível dessa garota, de hábitos boçais, confira abaixo uma rápida declaração, publicada no youtube, em que, como uma energúmena, culpa a BAND pela morte de seu próprio profissional, e outras emissoras por mandar jornalista cobrir eventos que, segundo ela, “todo mundo sabe que vai ter bomba.”.

Tomara, na próxima manifestação, a “fada” receba o devido e justo tratamento da PM, lavando a alma do cidadão que trabalha, se manifesta gratuitamente, porque quer um país melhor, e não se vende para partidos políticos, que todos sabemos bem quais são.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: