O dinheiro que circula no bolso dos candidatos a presidência do Corinthians

Nos bastidores das eleições do Corinthians, entre diversos assuntos, é grande a especulação sobre a origem do dinheiro que estaria sustentando as candidaturas presidenciais de Duílio ‘do Bingo’ Monteiro Alves, Mario Gobbi e Augusto Melo.

Diversas são as versões.

Para Duílio, fala-se que o grosso do dinheiro seria originário dos agentes que, há anos, são beneficiados pela política de ‘partilha’ do departamento de futebol alvinegro.

Outra fonte importante seriam contribuições do bicheiro Jaça, interessado na manutenção da equipe Sub-23.

O candidato está com as contas bloqueadas e possui imóveis penhorados por dívidas fiscais e trabalhistas ligadas ao ‘Bingo Circus’, do qual era proprietário.

Sobre Gobbi, dois nomes eram apontados como ‘colaboradores’: Sergio Janikian e Raul Corrêa da Silva, ambos com histórico amplamente conhecido dentro do Parque São Jorge.

O primeiro almeja a diretoria de futebol; o segundo, manter-se próximo do caixa corinthiano.

Com a adesão de Paulo Garcia à candidatura, o leque financeiro deverá ser ampliado, assim como as dúvidas sobre as contrapartidas do apoio.

Gobbi tem como fonte conhecida de renda apenas o salário como delegado de polícia, embora pareça viver com bem mais do que isso.

Por fim, restou Augusto Melo, sobre o qual, por conta de gastos expressivos (os adversários garantem que, somados, não gastaram os valores de sua campanha), restam as mais variadas teorias.

A mais comentada é a de que um grupo de intermediários de jogadores que, há anos, seria ligado não apenas ao candidato, mas também a alguns de seus apoiadores, seria a origem do sustento.

Há quem fale até em dinheiro investido por grupos criminosos, por conta da recente prisão de um apoiador, dono de postos de combustíveis, que seria ligado, dizem, ao PCC.

Augusto nega todos os supostos boatos.

Em recente conversa com o Blog do Paulinho, o candidato, que se apresenta como empresário aposentado, garantiu que o dinheiro é fruto de recursos próprios.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.