Advertisements
Anúncios

Caso Edenilson: lavanderia ou sucessão de equívocos ?

jorge machado e gilmar velozKia e mello

(FOTOS: Jorge Machado, Gilmar Veloz, Kia Joorabchian)

Há duas semanas, o Corinthians anunciou a venda do jogador Edenilson, por 3,5 milhões de Euros, ao Udinese, da Itália.

Porém, destes, o clube teria direito a apenas 1 milhão de Euros.

A conta da divisão de recursos é a seguinte:

2 milhões de Euros divididos, igualmente, entre os empresários Jorge Machado e Gilmar Veloz (agente também de Pato).

1 milhão de Euros para o Corinthians;

500 mil Euros de comissão para os intermediários do negócio, Kia Joorabchian e Giuliano Bertolucci, ambos ligados ao ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, mas também ao atual gerente de futebol do clube, Edu Gaspar.

Mas há outras informações, também, relevantes.

O Corinthians, antes mesmo do jogador completar um mês de sua saída do clube, decidiu repatriá-lo, com a desculpa de que a equipe italiana teria estourado o numero de atletas estrangeiros a serem escritos no campeonato.

No entanto, outro fator nos chamou a atenção: não há registro, oficial, da aquisição do atleta pelo Udinese, na Federação Italiana.

Em tese, o negócio, juridicamente, inexiste.

Razão pela qual algumas perguntas precisam ser respondidas:

Qual a origem do dinheiro recebido pelo Corinthians, já que, oficialmente, a Udinese não tem registro de pagamento pelo atleta ?

Por que o senhor Kia Joorabchian, através do sócio Giuliano Bertolucci, apareceu, como que por encanto, no negócio, sendo que os empresários “oficiais” de Edenilson, Jorge Machado e Gilmar Veloz, possuem ótima entrada no exterior ? 

Qual seria a reação do torcedor e dos conselheiros do Corinthians se esta negociação tivesse sido realizada pela gestão Alberto Dualib, expulsa do clube pelos “renovadores e transparentes” dirigentes atuais ?

Edenilson, ao final de seu “empréstimo” pelo Corinthians, jogará, de fato, na Udinese ou o clube italiano, que, no episódio descrito, deixou óbvio seu desinteresse no jogador, teria sido utilizado como fachada para facilitar ou esconder detalhes de uma negociação que não pode ser totalmente explicitada ?

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: