Advertisements
Anúncios

Dia 2 de fevereiro, o Centenário do Papão

paysandu100

Por JOSE RENATO SATIRO SANTIAGO

O primeiro campeonato estadual do Pará começou em 1913, quando o Remo conquistou o título, após o empate por 1 a 1 entre Norte Club e Guarany.

Devido a uma briga generalizada nessa partida, os jogadores do Norte, que precisavam da vitória para provocar um jogo extra, contra o Remo, solicitaram à federação a anulação do duelo.

Inconformados com a decisão contrária, resolveram criar uma instituição mais forte, que envolvesse membros de outras agremiações que, uma vez unidos, poderiam fazer frente àqueles que controlavam o futebol local.

Eles “precisavam” do Paysandu.

Nasceria em 2 de junho de 1914, o Paysandu  Sport Club, que recebeu este nome como uma homenagem a transposição do Passo do Paysandú, um importante feito da Marinha Brasileira durante a Guerra do Paraguai.

Logo se tornaria Papão, uma alusão ao bicho-papão, por conta de seu grande domínio no futebol do estado.

Em seu distintivo um inusitado pé alado, pois seus jogadores não corriam, “voavam”.

E voavam mesmo.

Em 18 de julho de 1965, o Peñarol, base da seleção uruguaia da época, e que conquistaria o tricampeonato da Libertadores no ano seguinte, levou um sonoro 3 a 0 do Papão.

Feito que virou parte do hino, na verdade do frevo do Paysandu escrito pelo astro Pinduca: “…O nosso time joga pra valer, até o Peñarol veio aqui pra padecer…”

O maior campeão da Região Norte, com 45 títulos estaduais também contaminou o Brasil.

Após duas conquista nacionais da Segunda Divisão em 1991 e 2001, 2002 foi um divisor de águas.

Conquistou a Copa do Norte no começo do ano.

E depois de alguns meses a Copa dos Campeões de 2002, ao passar por cima do Cruzeiro.

Ainda era pouco.

No ano seguinte, um feito raro para qualquer equipe, derrotar o Boca Juniors em pleno La Bombonera, não para o Paysandu.

Parabéns para todos nós, somos felizes por sermos contemporâneos, do grande Papão.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: