Advertisements
Anúncios

O “café” de Basílio e Ferrarinho no Corinthians está mais caro

basilio 3flavio ferrari junior (158x134) (2)

O Departamento de Masters do Corinthians está contribuindo, desfavoravelmente, para o aumento da inflação brasileira, mas, positivamente, no que diz respeito à arrecadação dos intermediários do negócio.

Basílio, herói de 1977, e Ferrarinho, desempregado, mas ocupando cargo, não remunerado, de Diretor Cultural do Corinthians, que o digam.

Ambos responsáveis pelo empreendimento.

O dinheiro nem dá as caras no clube, mas o “cachê” aumenta a cada dia.

A grande questão é que, apesar do acréscimo impressionante no preço de uma partida dos veteranos do Timão, os jogadores continuam a receber as mesmas migalhas.

Em Jardinópolis, cobrou-se R$ 8 mil.

R$ 10 mil em Flórida Paulista.

Agora, em “Cafelândia”, município de São Paulo, o preço do “cafézinho” disparou.

Por ordem de Luis Otávio Carvalho, Prefeito local, será depositado o valor de R$ 17.975,81 na conta de João Roberto Basílio EPP, empresa do ídolo alvinegro.

Mais de 100 % acima do cobrado em outubro, para a realização do mesmo evento, com o agravante de, em dezembro, muitos dos atletas estarem viajando com suas famílias, configurando desfalque certo na escalação.

O pagamento dos jogadores ?

Será o mesmo,R$ 100, R$ 200, se tanto, com direito a cerveja e pinga “acalmadores” após as partidas.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: