Advertisements
Anúncios

Doping é caso de polícia

doping

Por ALBERTO MURRAY NETO

Em alguns Países do mundo, o atleta que é flagrado no doping não tem que prestar contas exclusivamente aos Tribunais Desportivos mas, também, às autoridades policiais. Ou seja, doping é uma tipificação penal. O atleta que ingeriu substância proibida para aumentar ilegalmente sua performance esportiva pode ser preso. E é assim que deveria ser em todos os lugares. É isso que sempre defendi que ocorresse no Brasil.

O Brasil está no rol das nações que não enfrentam o doping com a dureza necessária, a começar pela falta de um laboratório credenciado que, no “País Olímpico”, possa detectar os trapasseiros e encaminhá-los à Justiça.

É uma vergonha nacional o País sede dos Jogos Olímpicos ter seu único laboratório de controle antidopagem descredenciado pela WADA, ainda mais depois de ter recebido uma enxurrada de dinheiro público. O que deveria melhorar, piorou. E ninguém parece investigar o que fizeram e aonde foi parar esse dinheiro, repito, público.

Se o Brasil estivesse mesmo preocupado em combater o doping com veemência, não apenas daria condições técnicas para esse trabalho ser desenvolvido corretamente, bem como faria gestões para mudar o código penal e inserir esse ilícito como uma tipificação penal.

Com a investigação criminal, poder-se-ía punir o atleta transgressor e,também, avaliar e igualmente condenar técnicos, médicos, dirigentes e empresários que porventura estivessem envolvidos nessa trama maldita.

É evidente que a prática do doping não se limita aos atletas. Este é apenas o marginal final. Antes deles, há um emaranhado enorme de gente cuja culpa pelo crime é concorrente, mas que se livra das punições.

Doping é caso de polícia. E as autoridades brasileiras têm que entender isso logo.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: