A Ponte levará o coração para Lanus

ponte lanus

Coração, muito mais do que futebol, marcou o desempenho da Ponte Preta na primeira partida contra o argentino Lanus, empatada em um a um, com 28 mil enlouquecidos ponte-pretanos no Pacaembu.

Mesmo assim, jogou mais do que seu adversário.

Merecia ter virado a primeira etapa com vantagem, embora tenha escapado, no final, de levar um gol incrivelmente perdido pelo “El Tanque” de sempre.

Depois, os fantasmas do passado, e dos vice-campeonatos, ressurgiram, aos 13 minutos, quando o zagueiro Goltz acertou uma falta impressionante, indefensável para o goleiro, abrindo, injustamente, o marcador.

Mas, o coração que sofreu foi o mesmo que empurrou a Macaca para o empate, também de falta, cobrada com perfeição por Felipe Bastos, aos 33 minutos.

Gol que o grande Dicá assinaria.

Dava tempo ainda de buscar um resultado melhor, e, aos 41 minutos, nova falta, desta vez um pouco mais longe, fez Felipe Bastos, inspirado, acertar o travessão, levando o Pacaembu a loucura.

Agora, em Lanus, na partida de volta, a Ponte jogará não apenas pelo título continental, o primeiro de relevância em sua história, mas também para honrar as gerações passadas, de equipes extraordinárias, que chegaram tão perto, mas não conseguiram vencer.

Desta vez, com uma equipe cheia de limites, e sem o favoritismo doutros tempos, restará à Macaca lutar pela vida, empatar e vencer nas penalidades ou até mesmo acabar com tudo no tempo normal, deixando a metade alvinegra de Campinas comemorando uma festa que tardou mais de cem anos para começar.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

28 ideias sobre “A Ponte levará o coração para Lanus

  1. Vai Ponte…..da para ganhar….Agora, os que torcerão contra, com certeza são uns perfeitos IDIOTAS.

  2. A Ponte merece este título, todo brasileiro com vergonha na cara
    deveria torcer para a Ponte Preta.
    Não houve agressão no vestiário do pessoal do Lanus, no intervalo do jogo????

  3. Vurgo – O ORIGINAL Disse:

    dezembro 5, 2013 às 7:09 am
    Ponte Preta = Curintia do Interior

    para nós é uma honra ser comparado ao time mais tradicional do Brasil. TRADIÇÂO é uma coisa que bambys não tem…

    TRADIÇÂO 3 x 1 modinha

  4. Ainda bem que o jogo foi contra a Ponte, se fosse contra o fraquíssimo time dos bambitos o futebol brasileiro teria passado mais uma vergonha perante os hermanos, a menos que os jogadores adversário fosse espancados nos vestiários. O Tigre que o diga.

  5. Só uma pergunta!

    Sou sãopaulino, e estou torcendo pra Ponte, mas…
    ouvi uma entrevista do Presidente da Ponte na semana passada que até me comoveu: “Eu sei que o SPFC tem razão pelo regulamento, mas podia relevar, porque nós pontepretanos, a cidade de Campinas ficará magoada por não ter a oportunidade de ver uma semi-final de Sulamericana, e blá blá, blá, blá…nos tiraram, essa oportunidade, blá blá..esse momento único, blá,blá.

    A imprensa de São Paulo, blá blá, porque o SPFC, blá blá….
    PERGUNTO:
    PORQUE O JOGO FOI NO PACAEMBU??????

    eu até poderia aproveitar e fazer uma rima com pacaembu, mas deixa pra lá.

  6. Peixoto e Jesus,

    Time fugir de campo contra o São Paulo?? isso não é novidade!!

    1957) Corinthians foge de campo após torcida de seu time jogar garrafas no Pacembu – ‘a famosa noite das garrafas, número 1″, normal de gaivotas nervosinhas, e o SPFC é considerado Campeão Paulista de 1957; 3 x 1.

    1963) Santos de Pelé fugiu de campo. SPFC 4 x 1.

    1995) Na final da Copa Ouro Nicolas Leoz, campeões dos principais torneios sulamericanos, o Cruzeiro perdia de 1 x 0, e com menos jogadores em campo por expulsões, outros jogadores começaram a cair. O famoso jogo do ‘cai cai’.

    SPUFC – Ultimate Fighting.

  7. PHDL, você mentiu, o Corinthians não fugiu de campo não.
    Vou reproduzir uma parte do texto tirado de um dos sites dos próprios bambis.

    1957

    A rivalidade com o Corinthians aumentou ainda mais nesse campeonato de 57. No primeiro turno houve empate em 1×1 e nesse jogo, o ponta-direita tricolor Maurinho quebrou a perna de Alfredo, lateral-esquerdo corinthiano. Além disso, Gino e Luisinho o “Pequeno Polegar” bateram boca e levaram para fora de campo a discussão. No dia seguinte ao jogo, o corinthiano Luisinho acertou uma tijolada em Gino, ao encontrá-lo por acaso.

    São Paulo e Corinthians se enfrentaram na última rodada e o Corinthians tinha a vantagem do empate para ser campeão. A partida foi disputada em um clima tenso, devido aos incidentes do jogo anterior. O São Paulo venceu o Corinthians por 3×1, no dia 31 de dezembro, no estádio do Pacaembu. O árbitro era Alberto da Gama Malcher. O São Paulo fez 1×0, com Amauri, logo aos 17 minutos de jogo. Canhoteiro fez 2×0, dois minutos depois e Rafael diminuiu para o Corinthians aos 21 minutos.Aos 34 minutos da etapa complementar, Maurinho fez 3×1 para o São Paulo. Enquanto os corintianos reclamavam com o árbitro, Maurinho provocou o goleiro Gilmar, passando-lhe a mão no rosto, iniciando uma verdadeira confusão entre os jogadores.

    A torcida atirava garrafas no gramado em forma de protesto E O JOGO QUASE NÃO TERMINOU. Devido aos incidentes, este jogo entrou para a história como a “Noite das Garrafadas”, quando a torcida do Corinthians, ao atirar garrafas dentro do campo, não permitiu a volta olímpica do legítimo campeão.
    Após conquistar o campeonato paulista de 1957, o Tricolor iniciaria o mais longo jejum de títulos de sua história. Foram treze anos sem títulos, até o ano de 1970.

    Obs.; como é fato vocês sempre mentirem coloquei a prova escrita por vocês mesmos (http://www.tricolormania.com.br/decada_50_01.asp). Leia em caixa alta O JOGO QUASE NÃO TERMINOU…..!
    Quando for mentir tome cuidado, hoje a internet te dá as provas de imediato

  8. Jesus Disse:
    dezembro 5, 2013 às 12:36 pm

    Enquanto o timeco do sopa de letrinhas não pagar as 25 partidas que deve para o Timão, não tem como discutir com freguês ETERNO.

    Apanha direto e sem dó do TIMÃO, mas os caras são bobinhos demais e ficam buscando coisinhas, mas a grana do jogo das barricas bem que foi útil.

    Os caras faliram várias vezes, mas não tem vergonha na cara. Só não sai notícia do lixão (como saem do Timão e do Palmeiras) porque a imprensa tem medo dos caras e lá dentro se sair algo, nem sei o que pode acontecer com quem “vazar”. O medo de vazamento é tão grande que, quando surge um opositor, logo vem acordos e mais acordos para que não ocorram “brigas”.

    A Ponte só chegou à final por ter batido em timeco fraco – exceto o Velez – acho que vence o Lanús que, mesmo sendo mais forte que o da semi, vai perder para a Ponte.

  9. EU – ABSOLUTIS VERITAS Disse:
    dezembro 5, 2013 às 1:51 pm

    Então vc acha q as noticias ruins do SPFC não são reveladas pq a imprensa tem medo do Tricolor ??? hahahaha… q imaginação fértil vc tem !!
    A imprensa é doida pra esculachar o SPFC, já fazem isso direto com piadas de duplo sentido, toda hora tem algum jornalista corintiano (coincidência?) colocando crise lá ou tentando por com fofocas ou notinhas esdruxulas, cara não viaja, a imprensa é 70% corintiana em SP, e os outros 30% se borram de medo de enfrentá-los pq sabe q é batalha perdida.
    Direto a gente vê noticia na internet de jornalistas esportivos no bolso do SCCP, o Paulinho mesmo já publicou alguns posts aki sobre isso, e vc vem com esse papo furado, vê se enxerga cara.

    O teu clube é o mais sujo e podre desse país, tem um MP banana q come na mão do Lula q faz tudo pelo seu clube, e não é de hoje q a gente escuta noiticas de falcatruas e roubalheiras envolvendo seu clube e arbitros de futebol (apito amigo corintiano te lembra alguma coisa? ).

    Quem não tem vergonha na cara é vc de mentir tanto assim, mas eu sei oq é isso, síndrome de vira-lata, isso não tem cura.

  10. Jesus, é isso mesmo!! fugiram de campo. O Maurinho ainda esnobou fazendo graça na frente do goleiro de vocês, antes de marcar o GOOOOLLLL.
    Jogaram garrafas em TODO o gramado (procure fotos em jornais da época, quem sabe vc ache e comprove como ficou o gramado).

    3 X 1 NA CAIXOLA e ainda sairam de campo.
    Aliás, tomar de 3 em final pra gente é comum…

  11. Ah!! A polícia da época ainda encobriu a morte de um torcedor coriintiano. Imagina se vazasse isso naquela época!!!

    Ganhamos 5 finais de Paulistão em cima de vocês e perdemos 5.
    Deixa o Chiken Little Arena ficar pronto que vamos carimbar um Paulistão lá dentro, e ficarmos na frente – 6 x 5

  12. É PHDL, não adianta querer mostrar a verdade, a qual você não quer ver. Porém, em disputas, títulos, partidas, vocês nos conhecem bem, aí vai um pouco para você ler:

    Corinthians x spfw

    Completou no último jogo 307 partidas entre os dois em 77 anos de rivalidade. A equipe corintiana leva vantagem: são 117 vitórias contra 94 do time do Morumbi
    O primeiro confronto ocorreu em março de 1936 e acabou vencido pelo Corinthians. O amistoso foi disputado pouco mais de três meses depois da fundação do São Paulo Futebol Clube. Na ocasião, Teleco marcou três vezes e deu a vitória por 3 a 1 ao clube alvivegro.

    JEJUM
    O São Paulo não bate o Corinthians no Morumbi há 11 jogos, desde fevereiro de 2007, quando fez 3 a 1 em seu estádio. Depois, o time corintiano derrotou o rival cinco vezes, com mais seis empates.

    DECISÕES
    O confronto entre São Paulo e Corinthians já decidiu 12 títulos ao longo dessa história de rivalidade, entre Brasileirão, Rio-SP, Recopa e Paulistão. A vantagem nese quesito é do Corinthians, com oito conquistas sobre o time do Morumbi: Campeonatos Paulista de 1938, 1982, 1983, 1997 e 2003, além do Brasileirão de 1990, do Rio-SP 2002 e da Recopa 2013. O São Paulo derrotou a equipe corintiana em quatro finais estaduais (1957, 1987, 1991 e 1998).

    Ah, pode criar a sua verdade!!!!

  13. A Ponte só não foi campeã em 1977 porque o Rui Rey SE VENDEU SENDO EXPULSO NO COMEÇO DO JOGO E SÓ NO FINAL, O BASÍLIO FEZ O GOL. ISSO NÃO TEM DISCUSSÃO GAYVOTAS. É A REALIDADE DOS FATOS. TEU TÍTULO MAIS IMPORTANTE É UMA FRAUDE. FOI VENDIDO. SUBORNARAM O ATACANTE RIVAL PARA ISSO E DEPOIS JOGAR NO CORINTHIANS. SEJAM HOMENS. ABSOLUTIS VERITAS E JESUS RESPONDAM ISSO COM ARGUMENTOS. O PRÓPRIO ARBITRO DULCIDIO VANDERLEI BOSQUILHA FALA QUE AQUELA PARTIDA FOI ESTRANHA E NÃO ENTENDEU A ATITUDE DO RUI REI.

  14. EM 1997, SPFC e Corinthians se enfrentaram na última partida do quadrangular final e o jogo terminou empatado. O Corinthians não foi campeão em cima do SP. Fale a verdade galináceo.

  15. Alessandro Disse:
    dezembro 5, 2013 às 3:43 pm

    Você é muito tolinho, continue acreditando em tudo que escrevem, vais longe criancinha.

    Com relação a clube mais sujo, deixe-me rir de você inocente útil.

    Coitadinho!!!

  16. Campeonato Paulista – 1997

    Com a entrada do novo patrocinador (Banco Excel), no começo de 1997, o Timão consegue formar uma equipe milionária. Chegam para reforçar o time craques como Túlio, Antônio Carlos, Donizete e André.

    No Paulistão, a equipe, treinado por Nelsinho Batista, não encontrou adversários e chega fácil ao título. Foi o protagonizante de duas goleadas inesquecíveis: 8 a 2 contra o Guarani, no Primeiro Turno, e 5 a 2 contra o Palmeiras, no Segundo.

    No quadrangular final, atropelou seus três maiores rivais. Contra o Santos, conseguiu um heróico 4 a 3.

    Voltou a ganhar do Palmeiras, desta vez por 2 a 0. E, com a vantagem do empate, foi jogar a última partida contra o São Paulo, no dia 5 de junho.

    O Timão entra fechado, com três zagueiros: Henrique, Antônio Carlos e Célio Silva. Mas como o São Paulo não ameaçava, o alvinegro sai na frente, através do lateral-esquerdo André, aos 45 minutos do primeiro tempo. No segundo tempo, o tricolor empata logo de cara, aos 2 minutos. O tricolor pressiona o resto do jogo, mas não consegue virar.

    Final: 1 a 1 e o Corinthians conquista o Paulistão pela 22ª vez e mantém a hegemonia estadual.

    E conquistou em cima de quem bambi??? PQP, é melhor fica quieto do que escrever merda!

  17. Ok, Jesus, vc disse pra eu falar a verdade, e vc?

    Vc coloca um texto em que diz que o 1o. clássico majestoso foi em 1936? Como isso! se o SPFC foi campeão em 1931, nosso 1o. título, justamente em cima de vocês?

    Ah! e esse “título” de 38 que vocês ganharam em cima da gente, foi roubadíssimo, com gol de mão. Tenho relato do Frederico menzen sócio no. 1 do SPFC – que leva o nome do CT da Barra Funda, dizendo isso.

    Já desde daquela época, hein!!

    Quanto aos títulos ‘no geral’ vcs levam vantagem, até aí tudo certo. Quanto a Paulistões, não!!

  18. Mirassol 6×2 Disse:
    dezembro 5, 2013 às 6:13 pm

    Antes de falar ASNEIRAS, veja a tabela dos campeonatos e vc vai ver q o Palmeiras levou perto de 30 mil, ou passando disso várias vezes esse ano. Não fica INVENTANDO coisas como se fosse verdade.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.