Advertisements
Anúncios

50 anos da histórica virada do Santos no Mundial de 1963

santos 1963

No ano em que a maior equipe de futebol já apresentada por um clube sagrou-se Bi-Campeã Mundial, 1963, houve um jogo, no Maracanã, que nunca deixará de figurar entre os maiores de todos os tempos.

O Santos vinha de derrota na primeira partida, 4 a 2 em Milão, e precisava reverter o placar, provocando, assim, o jogo desempate.

Para dificultar ainda mais a tarefa, Pelé, machucado, não iria jogar.

Dramática, a primeira etapa terminou dois a zero para o Milan, e somente quatro inimagináveis gols no segundo tempo recolocariam o Peixe na disputa.

Chuva, magia, futebol magnífico e superação.

As mais de 132 mil pessoas presentes não mais esqueceriam o que viram.

Dois gols de Pepe, um dado a Almir (que substituiu Pelé), e que depois soubesse, ter sido de Mengálvio, e outro de Lima.

Dias depois, o Bi-Campeonato seria confirmado, mas, todos sabem, foi vencido, de fato, na época jornada do Maracanã.

Confira abaixo, com narração de Fiori Gigliotti, todos os gols do Santos.

Impossível não sentir emoção.

Data: 14/11/1963

Segundo jogo: Santos 4 x 2 Milan
Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro)
Público: 132.728 pagantes
Renda: Cr$ 98.075.500, 00(Novo Recorde de renda no Brasil)
Árbitro: Juan Brozzi (Argentina)

Gols: Altafini 12′, Mora 16′, Pepe 49′, Almir 54′, Lima 64′ e Pepe 71′.

Santos: Gylmar; Ismael, Mauro, Haroldo e Dalmo; Lima e Mengálvio; Dorval, Coutinho, Almir e Pepe. Técnico: Lula

Milan: Ghezzi; David, Trapattoni, Maldini e Trebbi; Pelagalli e Rivera; Mora, Lodetti, Altafini e Amarildo.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: