Advertisements
Anúncios

Proposta de conselheiro para punir “organizadas” do Corinthians é boa, mas insuficiente

ezabella

Na última reunião do CORI, proposta do conselheiro Felipe Ezabella pediu que torcedores “organizados” do Corinthians sejam punidos pela diretoria com afastamento de jogos do clube pelo mesmo período em que ocasionarem perda de mando de campo com suas confusões.

Interessante, mas insuficiente.

Levando-se em consideração que a perda do clube é bem mais financeira do técnica – fala-se em prejuízos próximos a R$ 10 milhões – sem contar os problemas com os compradores do “Fiel Torcedor”, impedidos de assistirem partidas – há de se ter também reparação em dinheiro.

Até o momento, estranha-se também que os conselheiros ligados ao grupo de Mario Gobbi – do qual Ezabella faz parte – não tenham ainda se posicionado a respeito, principalmente os que são ligados aos “organizados.

Desde o diretor financeiro, Raul Corrêa da Silva, até os explícitos “Fora Dualib”.

Certo é que, se a diretoria alvinegra quisesse mesmo resolver a questão, bastaria ter a coragem de, além de parar de subsidiar ingressos e viagens para os “torcedores”, começar a vender ingressos para os jogos apenas pela internet, com lugar numerado e identificação dos compradores.

Sem divisão de torcidas, facilitando a identificação de um possível baderneiro, evitando, ainda, a aglomeração de grupos que fazem de tudo no estádio, menos assistir a uma partida de futebol.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: