Advertisements
Anúncios

Para preservar PT, Haddad tenta amenizar culpa de Kassab no episódio da propina dos fiscais

haddad-kassab

O prefeito Fernando Haddad (PT), não encabeçou, mas foi obrigado a facilitar as investigações sobre os servidores que enriqueceram recebendo propina para liberar impostos de construtoras.

Elas já se encontravam avançadas e qualquer tentativa de dificultá-las poderia respingar em suas mãos.

O grande problema agora é isolar a “culpa” naqueles que são menos relevantes, ou seja, os “cafés pequenos”, justamente os referidos fiscais, que, por sinal, estão devidamente encarcerados.

Haddad, em discurso planejado, diz que não há indícios da participação de “gestores” no esquema.

Ou seja, do ex-prefeito Gilberto Kassab e seus Secretários.

Difícil acreditar.

Principalmente porque a grande maioria dos donos de empreiteiras, corruptores contumazes, a quem se tenta vitimizar no episódio, tem relacionamento muito próximo com todos os Prefeitos, seja o anterior, como também o atual.

“Indignados”, como dizem estar, não recorreriam aos amigos mais poderosos para resolver o problema ?

A grande questão, que impede Haddad de fazer o “carnaval”, que certamente seria efetuado se o ex-prefeito fosse inimigo político, é o fato do PT precisar do apoio de Kassab, e seu partido, nas próximas eleições presidenciais.

Assim como noutros casos envolvendo o partido, o lema é: para os amigos, tudo, inclusive o PPC (Programa de Proteção ao Corrupto), aos inimigos, a injustiça, porque a Justiça, por vezes, pode não estar alinhada aos desejos e anseios da cúpula petista.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: