Advertisements

Dilma, a Má

Por SEBASTIÃO NERY

http://www.sebastiaonery.com.br/visualizar.jsp?id=2139

Getúlio Vargas tinha oito anos, já estava lá em São Borja semeando espertezas. Num dia de conversa fiada, o pai quis saber o que ele estava pensando da vida:

– O que é que você quer ser quando crescer?

– Militar.

– Por que militar? Meu filho, você sabe que o militar se arrisca muito?  Que o militar está sempre exposto a ser morto pelo inimigo?

– Então eu quero ser o inimigo.

E Getulio, até o ultimo instante, até o tiro de abril de 1954, passou a vida eliminando politicamente aqueles que o escolhiam para inimigo.

GETULIO

1. – Em 1936, depois da Constituinte de 1934, eleito Presidente pelo Congresso, Getúlio criou o salário mínimo. A formula era simples:

– “Deve cobrir 10 cestas básicas de gêneros alimentícios”.

E o patronato brasileiro, herdeiro da escravidão nas cidades e nos campos, o escolheu definitivamente, quase sempre iradamente, para inimigo.

Meio século depois, a Constituição de 1988, no capítulo II, dos Direitos Sociais, artigo 6º, estabeleceu o direito de todo trabalhador ao salário mínimo. A Consolidação das Leis do Trabalho, na clausula IV,  define que o salário deverá “atender às necessidades vitais básicas do trabalhador e as de sua família, como moradia, alimentação, educação, lazer, saúde, vestuário, higiene, transporte e previdência social”

O salário mínimo é a matriz da justiça e da injustiça  social no Brasil. Todos os direitos do trabalhador brasileiro são a partir do salário mínimo.

IBGE e DIEESE

2. –  Logo por ai se mede a profunda tragédia social do pais. O serio IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no “Censo 2010: Educação, Trabalho e Rendimento”,  constatou que “72% (!!!) dos assalariados brasileiros ganham até 2 salários mínimos (!!!). E somente 1% ganham acima de 20 salários”, Esta é a pirâmide social brasileira.

O DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), que já foi uma entidade ativíssima na interpretação das distorções concentradoras de renda em detrimento dos assalariados, em tempo saiu do marasmo conformista. Demonstrou que, se fosse cumprido o que estabelece a lei, o salário mínimo brasileiro deveria ser de R$ 2.892,47.           A exemplo do que ocorre em outras partes do mundo desenvolvido:

O salário mínimo nos EUA equivale a 1.454 dólares, na Inglaterra 1.411, no Japão 944, na Coréia do Sul U$ 797, na Holanda 634.  E na Austrália surpreendentes 2.240 dólares. Na Alemanha, onde vigora, desde o fim da guerra, um pacto social que envolve empresas e trabalhadores, o debate sobre o salário mínimo, fez parte da recente campanha eleitoral.

MINIMO

Em 1º de janeiro de 2014, o salário mínimo passará dos 678,00 reais para 722,90. Nos 4 anos da administração Dilma Rousseff, o salário mínimo teve a menor valorização, com perda real, se comparado com os governos anteriores. A partir de 1994, com o Plano Real, o aumento do piso salarial acima da inflação em números crescentes garantiu uma melhor distribuição da renda e elevação do poder de consumo dos assalariados.

O IBGE mostra que o ganho real do salário mínimo, nos 16 anos dos governos Fernando Henrique e Lula, foi expressivo. Entre 1995 e 2002, na governos FHC, o ganho real do piso salarial foi de 44,5%. Nos governos Lula (2003 a 2010), o aumento foi ainda mais expressivo: 53,5%. Com FHC, a media anual do ganho real foi de 4,7%. Com Lula, 5,5%.

RENDA

No atual governo Dilma, com a fixação do piso já para 2014, em 4 anos o poder de compra do salário mínimo foi reduzido. O aumento real, acima da inflação, foi de 11,9%, média anual de 2,8%. Nos 16 anos de FH e Lula, o ganho real tinha sido crescente. Nos 4 anos de Dilma, decrescente.

Repetindo. Este é um doloroso retrato. Segundo o IBGE, 72% dos  brasileiros ganham menos de 2 salários mínimos. Hoje, menos de 1.356. Em janeiro, menos de 1.445. E Dilma, a Má, ainda tem a maldade de trombetear a propaganda da criminosa renda media nacional de R$1.507.

Advertisements

Facebook Comments

30 Responses to “Dilma, a Má”

  1. Fred Corinthians Beija-Flor Girls Says:

    Dilma nao sera reeleita

    Pra tristeza petralha e desespero das meninas do parque sao jorge

  2. Luiz Copola Says:

    Sebastião Nery o bonzinho,ele tem uma história terrível.

  3. ailton Says:

    Claro que a média salarial no país é baixa. Agora, há de se entender que a economia não anda lá essas coisas. Mas poderíamos amenizar um pouco essa má distribuição de renda com o fim das terceirizaçoes. Aquela que é a atividade fim das empresas. Vou dar um exemplo das telecomunicaçoes; OI, VIVO, TELEFONICA, costumam terceirizar seus Call Centers. Isso tira pelo menos 30% do que o atendente poderia ganhar. O que causa injustiça na relação com os empregados, pois estes ganham menos do que deveriam ganhar, mas suas metas continuam as mesmas. Na minha opinião, os PROBLEMAS SOCIAIS DO PAÍS, são de culpa da sociedade que não cobra dos políticos prestação de serviços de acordo com o que pagamos de tributo.

  4. Nelson Says:

    Olá Paulinho e blogueiros!
    Enquanto existir a ignorância,e o pior numa letargia de consciência de vida,continuaremos elegendo e sendo “comandados”por esses seres nulos!
    Abraços a todos!

  5. Peixoto-Pres.Prudente/SP Says:

    Pqp, dar créditos a esse Sebastião Nery, é demais…..
    Ná época do “príncipe” FHC, o salário mínimo estava na faixa de 100 dólares…….hoje está passando de 300 dólares!!!!!!!
    Estes tucanalhas não têm jeito, mesmo…kkkkkkkk

  6. RAFAEL OTAVIO SERRA Says:

    EU FICO HORRORIZADO COM OS COMENTÁRIOS ACIMA ,É POR ISSO QUE A POLITICA BRASILEIRA E SEUS GOVERNOS , SÃO O QUE SÃO , LIXO , MIL VEZES LIXO , , REPETINDO A FRASE SURRADA , CADA POVO, TEM O GOVERNO QUE MERECE

  7. Lampião - Odaliscas da Fiel, a torcida curicana! Says:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Como petista é alienado

    Trezentos anos que o FHC ou PSDB não está no governo e eles insistem em jogar tudo na conta da Tucanada..

    Até quando PT????

  8. Porks Says:

    Se está ruim com o PT…que ainda distribui a renda via bolsa-família (assim como o bolsa-escola do FHC, são 2 programas eleitoreiros), e com o PT da Dilma, o salário mínimo bate nos 300 doláres (poderia ser bem mais, caso os empresários e comerciantes brasileiros não fossem tão gananciosos), ao contrário do FHC, que eram em torno de 100 dólares.
    E o pior é que tem muitos que querem a volta dos militares ao poder…(Meu Deussss), pois, já no fim do regime militar, lá pelos idos anos 80, o salário mínimo era em torno de 70 dólares. E foi no mesmo regime militar, que as elites colocaram milhões em favelas (quem assistiu o filme cidade de Deus, poderá comprovar).
    O grande problema é justamente esse:
    10% da elites conservadoras (que ao longo de séculos governaram pra essa casta rica), detém a renda dos outros 90% dos pobres. E é justamente isso que essa elite não quer mudar, e o PT é uma ameaça pra essa gente.

  9. Geraldo Says:

    Bom era o FHC que chamou os aposentados de “VAGABUNDOS”…

  10. joel Says:

    infelizmente esse povo é BURRO E VAI VOTAR NESSA TERRORISTA D NOVO PODE APOSTAR sei que não tem nada a ver com o assunto mais fico me perguntando e c o bolsa família(compra de votos legalizada) acabar como vai ser?

  11. Reinaldo Says:

    Mas aumentam o salario,e depois tudo dobra de preço.

  12. Lampião - Odaliscas da Fiel, a torcida curicana! Says:

    Porks Disse:

    outubro 7, 2013 às 11:15 am

    Empresários e comerciantes gananciosos???
    Só os grandes, porque os médios e pequenos empresários só se f…. com a carga tributaria, burocracia…

    O governo e a população deveria agradecer os empresários que tem….fosse em outro país essa palhaçada, já teriam desistido de ter empresa há muito tempo

  13. Arena Entulhao do Palestra Says:

    Geraaaaldo, bom era o Berzoini, ministro do Trabalho do Lularapio que chamou os aposentados de vagabundos.

  14. Arena Entulhao do Palestra Says:

    Salario minimo de 100 dolares com o dolar valendo 1 x1 e trezentos dolares valendo 2,3 x 1 e inflacao alta, qual eh melhor??

  15. cezar Says:

    Meu deus, artigo do Sebastião Nery! PQP! Era o que faltava!

  16. Jesus Says:

    Um dos pontos abordados pela votação do Orçamento da União é o reajuste do salário mínimo. O reajuste busca sempre cobrir a variação da inflação do ano que passou (utilizando para tanto o INPC) e acrescentar um pouco mais, a variação do PIB relativa ao ano que passou (uma forma de distribuir as riquezas). Os gráficos mostram que esta regra de reajuste vem sendo seguida desde a entrada do Real.
    Não é na caneta, existe uma regra para o reajuste do salário mínimo.

  17. H@milton Says:

    pt=psdb=dem=pmdb=ptb=pr= + 22 partidos unidos para ferrar o povo brasileiro!

    Voltem a capital federal para uma cidade grande como Rio, SP, Salvador, POA, onde haja PRESSÃO POPULAR E VEREMOS A REAÇÃO DESSES VERDADEIROS HOMENS PÚBLICOS!

  18. Osvaldo SEP Says:

    Para os PETRALHAS

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/10/1352993-balanca-comercial-fica-positiva-pela-1-vez-no-ano-apos-exportacao-de-plataforma.shtml

    Só que tem pegadinha, porque PETRALHA TEM QUE MENTIR

    Graças a “exportação” de uma plataforma de extração de petróleo no valor de US$ 1,9 bilhão na semana passada, pela primeira vez neste ano a balança comercial brasileira passou a apresentar saldo positivo, mas de apenas US$ 246 milhões.

    O problema é que a plataforma não foi de fato exportada. Segundo a assessoria do Mdic (Ministério do Desenvolvimento e Comércio Exterior), essa operação “seguiu o mesmo padrão” da exportação de uma plataforma registrada em junho. Naquele caso, o equipamento foi exportado por fornecedores brasileiros para subsidiárias da Petrobras no exterior e posteriormente alugado pela própria estatal. Essa operação foi feita dentro das regras do regime aduaneiro especial Repetro, que dá incentivos tributários.

  19. Jesus Says:

    Tem um babaca de plantão, cuja língua não acompanha o cérebro:
    O governo brasileiro dispõe atualmente de aproximadamente US$ 300 bilhões de dólares registrados como reservas internacionais no balanço do Banco Central. O acúmulo desse valor se deu pelos sucessivos superávits no comércio internacional (exportações em valores maiores que as importações) e pela entrada de investimentos externos no país.

    Ah, só para lembrar:
    O Governo Lula terminou com um valor total de US$ 288,575 bilhões em reservas internacionais em 31 de dezembro de 2010, o que representou recorde histórico.33 No início do governo, as reservas totalizavam US$ 37,65 bilhões, isto é o caixa entregue pelo FHC.

    Aí o idiota mor não colou reportagenzinha, né Mané?

  20. Osvaldo SEP Says:

    http://www.valor.com.br/financas/3283298/divida-publica-federal-sobe-para-r-1991-trilhao-em-agosto

    BRASÍLIA – A Dívida Pública Federal (DPF) registrou uma alta, em termos nominais, de 1,77% em agosto de 2013 e fechou o mês em R$ 1,991 trilhão. Em julho, esse estoque foi de R$ 1,957 trilhão, baixa de 1,44% sobre junho. Para 2013, o Plano Anual de Financiamento (PAF) prevê que a DPF deve oscilar entre R$ 2,1 trilhões e R$ 2,24 trilhões.

    Segundo nota do Tesouro Nacional divulgada nesta quarta-feira, a Dívida Pública Mobiliária Interna (DPMFi) teve seu estoque ampliado em 1,69% ao passar de R$ 1,864 trilhão em julho para R$ 1,895 trilhão em agosto.

    Já a Dívida Federal Externa somou R$ 95,84 bilhões (US$ 40,40 bilhões), o que representa uma alta de 3,39% na comparação com os números de julho.

    © 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.

    Leia mais em:
    http://www.valor.com.br/financas/3283298/divida-publica-federal-sobe-para-r-1991-trilhao-em-agosto#ixzz2h4mVjAwH

  21. Osvaldo SEP Says:

    BC estima dívida externa de US$ 311,47 bi em agosto

    http://exame.abril.com.br/economia/noticias/bc-estima-divida-externa-de-us-311-47-bi-em-agosto-2

    Brasília – O Banco Central (BC) informou que a estimativa para a dívida externa brasileira em agosto de 2013 é de US$ 311,474 bilhões. Em junho, último dado verificado, a dívida estava bem maior, em US$ 318,043 bilhões. No fim de 2012, estava em US$ 312,898 bilhões.

    De acordo com a instituição, a variação da dívida externa de longo prazo é explicada, principalmente, por amortizações líquidas de empréstimos tomados pelos bancos, de US$ 7 bilhões. “A variação por paridades reduziu o estoque em US$ 618 milhões”, disse o BC.

    O BC relatou que a taxa de rolagem de empréstimos de médio e longo prazos captados no exterior ficou em apenas 33% em agosto.

    Para se ter uma ideia do quanto a fatia é baixa, em igual período do ano passado a taxa estava em 201%.

    A rolagem de papéis ficou em 34% no mês passado. Já a rolagem de empréstimos diretos teve uma taxa de 32%. Em igual período de 2012, a taxa de bônus, notes e commercial papers era de 303% e a dos empréstimos diretos, de 169%.

    No acumulado de 2013, a taxa geral de rolagem está em 95%, sendo 111% de papéis e 91% de empréstimos diretos. Em igual período do ano passado, a taxa era de 206% (206% para papéis e 205% para empréstimos diretos).

  22. Osvaldo SEP Says:

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2013/08/03/internas_economia,380522/divida-externa-cresce-com-o-aumento-do-dolar.shtml

    Publicação: 03/08/2013 07:35 Atualização: 02/08/2013 23:46

    A disparada do dólar bateu em cheio no caixa de empresas e bancos que, nos últimos anos, se empanturraram de dívidas no exterior. Com a moeda norte-americana rompendo o teto de R$ 2,30 — a maior cotação dos últimos quatro anos —, o total de débitos está em disparada. Na comparação entre junho deste ano, quando a fatura bateu em US$ 480,6 bilhões, com o mesmo período de 2002, houve um aumento de 15%. Em relação a dezembro de 2009, quando o mundo se debatia para sair do atoleiro da crise provocada pelo estouro da bolha imobiliária dos Estados Unidos, a elevação foi de 73%.

    Para os analistas, apesar de ainda estar sob controle, a dívida externa preocupa. Em um quadro internacional mais adverso, com volume menor de recursos disponíveis aos países emergentes, o dólar poderá subir e haver complicações para as empresas mais endividadas. “Não à toa, os investidores estão vez mais pessimistas em relação à economia brasileira”, disse Clodoir Vieira, sócio da Consultoria empresarial Compliance. Ele contou que tem recebido relatórios de várias instituições financeiras indicando que o dólar chegará a R$ 2,40 ainda neste ano, principalmente se a economia dos Estados Unidos mantiver sinais mais fortes de melhora.

    A valorização do dólar afeta muito mais o setor privado, que responde por quase 90% do endividamento externo. De 2009 para cá, os débitos dos bancos mais que dobrou, passando de US$ 63,6 bilhões para US$ 147,4 bilhões. No caso das empresas não financeiras, o salto foi de 65%, passando de R$ 65,6 bilhões para US$ 108,7 bilhões. Há ainda a parcela de créditos negociados entre companhias, fora dos sistema bancário. Nesses casos, as operações passaram de US$ 79,3 bilhões para US$ 158,9 bilhões — um aumento de 100%.

  23. Osvaldo SEP Says:

    Eu não sou funcionario de ninguem, voce é PETRALHA….nem preciso explicar o resto

  24. EU - ABSOLUTIS VERITAS Says:

    H@milton Disse:
    outubro 7, 2013 às 5:02 pm

    Acabando com o Caixa Central do Governo Federal, vão sobrar uns 10 partidos, uns 15 ministérios, 255 Deputados Federais no máximo e 31 Senadores. Diminuiria o número de Municípios (no mínimo em 3000) e sumiriam uns 6 Estados.

    A fórmula para acabar com o tal caixa é complexa e longa, mas seria a melhor maneira para a diminuição do que coloquei, seria uma economia espetacular.

  25. EU - ABSOLUTIS VERITAS Says:

    Osvaldo SEP Disse:
    outubro 7, 2013 às 7:09 pm

    Sem contar que em 2000, quando o PT fez de tudo para processar a Tucanalha por terem eles, unificado as dívidas municipais/estaduais e federais. Falaram as merdas de sempre e que o R$ 600 bilhões eram impagáveis entre outras babaquices costumeiras.

    Hoje pagamos quase R$ 200 milhões ao ano por conta do astronômico aumento desta mesma dívida que estes mesmos tranqueiras achavam impagável.

    Eles são muito fracos quando o assunto é seriedade administrativa e economia de modo geral.

  26. Osvaldo SEP Says:

    JUDAS….SE ENTOCOU ??? AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

  27. Osvaldo SEP Says:

    Lampião, PETRALHA é assim : Estamos prestes a perder a razão ? Muda o foco, quem sabe eles esquecem o primeiro assunto.

    Coisa de gente CANALHA

  28. André (@Megalodon_br) Says:

    Essa petralhada não tem jeito mesmo, a única solução para quem ainda tem alguma chance é fugir o quanto antes desse lixo que esta se tornando esse pais, em breve também estarei bem longe daqui!!!

  29. A copa é nossa!!! Says:

    Acho que nao vou votar na Dilma.. agora vou votar no Lula!! Kkkk
    Vai corinthians !

  30. John Mitzel Says:

    Esse repórter é muito burro, se aumentar mais o salário minimo a porcentagem de brasileiros que ganham abaixo de 2 salários mínimos aumenta.

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: