Advertisements

Marin presta depoimento em investigação que apura invasão de terreno público

dilma marin

Foi noticiado, recentemente, pelo Blog do Juca, e, posteriormente, comprovado, que o presidente da CBF, José Maria Marin, “emprestou” terreno que não lhe pertencia, e sim, à Prefeitura de São paulo, ao grupo CAOA, seu locatário no imóvel ao lado.

Razão pela qual o dirigente teve que prestar esclarecimentos em Inquérito Civil, onde foram ouvidos também a CAOA, a Sub-Prefeitura de Pinheiros e a APROV.

A bola agora está nas mãos do Ministério Público de São Paulo, que pode ou não decidir pelo indiciamento, no procedimento nº 14.0695.0000579/12-4.

Há, a princípio, suspeita, na verdade, quase certeza, de enquadramento na Lei nº 8.429 de 02 de Junho de 1992, que diz em seu Art. 11:

“Constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições.”

Confusão, sem dúvida, bem maior do que a que lhe resultou o apelido de “Zé das Medalhas”, e do roubo de energia elétrica do vizinho.

Advertisements

Facebook Comments

2 Responses to “Marin presta depoimento em investigação que apura invasão de terreno público”

  1. Fred - Corinthians Beija-Flor Girls Says:

    A única coisa boa q o Marin fez foi desinfectar as Beija-Flores da CBF

    Mais nada.

    Mas, ja ta bom demais….Mereceria uma reeleição pela coragem de colocar a mão na M* para remove-la

  2. Adalberto luiz gonzaga Says:

    Pinheirose está errado paulinho…
    pinheiros

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d blogueiros gostam disto: