Advertisements
Anúncios

Reunião da ARENA ITAQUERA S/A decide que Corinthians terá que cobrir dívida de R$ 400 milhões até 26 de setembro

rosenbergcamisa

Dentre as dívidas assumidas, mas ainda não pagas, pelo Corinthians na construção do “Fielzão” estão os dois empréstimos “ponte” realizados pela ODEBRECHT e supostamente utilizados na execução da obra.

R$ 100 milhões e R$ 150 milhões, com Santander e Banco do Brasil.

Acrescidos a estes valores estão mais R$ 120 milhões referentes a duas multas de R$ 60 milhões pelo fato do Corinthians não ter honrado clausula contratual que dava prazo ao clube de cobrir o montante emprestado em até 30 dias.

Um total de R$ 370 milhões que, com o acréscimo de juros e correções ultrapassam os R$ 400 milhões.

O prazo máximo para o Corinthians quitar a pendência, sob pena das obras serem paralisadas, findava em 31 de agosto, último, razão pela qual o clube solicitou adiamento, contando, claro, com a entrada do dinheiro do BNDES.

Ou seja, se o empréstimo saísse, o discurso de que metade dos custos da obra estaria garantido cai por terra, com os valores sendo utilizados apenas para quitar um percentual mínimo do empreendimento.

Para piorar a situação, o empréstimo do BNDES parece ter subido no telhado, e a nova data de pagamento, 26 de setembro, definida em Assembleia Geral Extraordinária da Arena Itaquera S/A, do último dia 31 de julho, está há duas semanas de ser findada.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: