O grande equívoco de dois jornalistas

espn gremio

Jornalista pode torcer, mas não distorcer, muito menos desrespeitar a inteligência de seu leitor.

Entender, principalmente, que as expressões utilizadas publicamente não devem ser fruto de desabafo pessoal, mas contextualizadas em analise condizente com fatos, mesmo que estes não agradem a quem precisa analisa-los.

Diferentemente do leitor, mídias sociais para jornalistas são extensão de trabalho, e não podem se dar ao luxo de falar qualquer tipo de bobagem.

Erraram, feio, os jornalistas Flavio Gomes e Arnaldo Ribeiro, ambos da ótima ESPN Brasil, ao utilizarem-se do twitter após a derrota da Portuguesa para o Grêmio, por três a dois.

Primeiro, entrando no mérito da questão, embora a Lusa tenha sido prejudicada pela marcação de uma penalidade inexistente ao final da partida, o Grêmio também o foi, quando teve gol anulado de maneira errônea, em impedimento que também não houve, em ação bem mais prejudicial do que a reclamada pelos jornalistas.

Depois porque jornalista não está na imprensa para defender clube que torce, a todo custo.

Tem sim a obrigação de apontar os equívocos, e a Lusa tem diversos, inclusive presidente que fez empréstimo pessoal dando patrimônio do clube como garantia, e ex-treinador PM que era acusado de chacina, digamos, coisa bem mais séria para gerar indignação do que um mero erro de arbitragem.

Arnaldo Ribeiro disse: “Por favor, monitorem ligações de Fabio Koff e cia para comissão de arbitragem e CBF nos últimos dias”.

Seria uma informação absolutamente relevante, jornalisticamente falando, em sendo verdadeira, se houvesse sido publicada antes do confronto citado na matéria, mas, aos esperar um revés do time de coração, a impressão que fica é de que não passa de fantasia criada pela cabeça de um torcedor descontrolado.

Tudo o que um jornalista não pode ser.

Ribeiro, para amenizar a questão, tem a obrigação de apresentar indícios que sustentem a afirmação, ou, ao menos, se desculpar pelo liberdade criativa ocasionada por um momento de excessos.

De qualquer maneira, seu equívoco, desde que não se repita, é, apesar da indignação justificada da direção gremista, perdoável.

Diferente é o caso do jornalista Flavio Gomes, muito, mas bem mais grave do que o de seu colega de ESPN.

“Juiz vagabundo, timinho escroto desde 1903. São muito machos no Sul. Mas adoram dar a bunda.”, disse o profissional.

Um desabafo inaceitável até para quem não é jornalista.

Tratar uma equipe com a história do Grêmio como “escroto desde 1903” é pura distorção da verdade.

Sem contar o preconceito e, diria até, demonstração de educação deficiente, do restante da frase.

Gomes tem que pedir desculpas de joelhos, não apenas ao torcedor gremista pela sua triste atitude, mas também a todos os seus leitores, telespectadores, ao canal do qual é contratado e também à classe jornalística, pelas bobagens que pronunciou.

É o mínimo que se espera, além de uma boa reflexão sobre o episódio, proporcionando ao próprio jornalista uma evolução como profissional.

Fica ainda o sincero desejo deste jornalista, colega de profissão, que também já errou, na vida e no ofício, que o episódio seja superado e sirva de lição, não apenas aos protagonistas, mas também a outros profissionais, evitando assim novos constrangimentos.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

59 respostas para O grande equívoco de dois jornalistas

  1. Barretto disse:

    “Depois porque jornalista não está na imprensa para defender clube que torce a todo custo”. E nem a pouco custo, acredito. Mas é isso aí…

  2. Ico disse:

    Paulinho,
    O Flávio Gomes não usa o twitter profissionalmente, quem o acompanha sabe disso.

    Paulinho: Em minha opinião, um equívoco

  3. Peixoto-Pres.Prudente/SP disse:

    Flávio Gomes pedir desculpas, de joelhos?????
    E quando você irá pedir desculpas ao Andrés Sanchez e demais diretores do Corinthians ????
    Quero ver se você tem coragem de publicar esse comentário….

    Paulinho: Por que teria que me desculpar por falar a verdade ?

  4. VALTER disse:

    Bom o que vc espera de um sujeito que acha o Hugo Chaves um democrata e a Veja uma revista de direita que esta ai apenas para acusar o pessoal da direita, aposto que não achava isso em 92 qdo a Veja denunciou o Collor?

  5. BRP disse:

    Quem acompanha o twitter do Flavio Gomes percebe que ele não está nenhum pouco disposto a se desculpar.
    Concordo contigo , escrever o que ele escreveu já seria lamentável até mesmo se não fosse jornalista.

  6. Carlos disse:

    Paulinho, sou Gremista, mas oque posso dizer de uma pessoa
    como esta ? Sentimos pena… quando a emoção fala mais alto que a
    razão vira essa bagunça… claro que não se trata apenas de um jornalista
    existem muitoooos por ai, que se deixam levar pelo time de coração..
    Um jornalista que leva o nome de uma emissora, ofender uma torcida
    inteira e suas familias precisa ter no minimo a demisão como
    advertência…. Será sorte dele, se alguém não enfia uns processo por
    não falar bobagem.

  7. Luiz disse:

    Bom dia!

    flavio Gomes tem a estatura moral ao seu tamanho fisico..

    prega comunismo, mas mora em Moema, corre de carro velho.

    um verdadeiro escroto.

  8. Sid disse:

    – Paulinho,
    a gnt fala mt besteira de cabeça qnte qnd o time do nosso coração perde com erro de arbitragem e ai fica aquela indignação/corneta,mas ai é de torcedor p torcedor.
    Não pode ser aceitável vir isso de um profissional da midia e n pode confundir as coisas pois ele pode manobrar a massa…e causar violência.Errou? No minimo um pedido de desculpas n só ao clube como o povo gaúcho.

  9. Mineiro disse:

    Seu texto fio excelente, Paulinho. Parabéns.

  10. Fred2 disse:

    A arbitragem no Brasil é tão ruim que vc não sabe quando é erro ou quando é má fé.

  11. André disse:

    Paulinho, o Flavio Gomes sempre foi assim no twitter, xinga a tudo e a todos, age como torcedor assumidamente e não jornalista, mas acho que isso é uma postura que ele colocou antes do papel de jornalista.

  12. Omar disse:

    Paulinho quem conhece Flavio Gomes no twitter sabe que talvez seu trabalho no automobilismo possa ser louvado, pois nos demais esportes é uma tristeza. Por suas manifestações politicas percebe-se que se trata de um sujeito equivocado ou que criou um triste personagem. Surpresa apenas a postura do Arnaldo Ribeiro, jornalista que tenho como sério e competente. Quanto ao outro nenhuma surpresa. Surpresa é apenas a ESPN com seu alto padrão de qualidade o mante-lo em seu quadro de profissionais.

  13. ESTES DOIS LAZARENTOS Ñ VÃO PASSAR BATIDO.- COM CERTEZA NOSSO PRESIDENTE VAI TOMAR PROVIDÊNCIAS.- E ESCROTO É ÊLE E SUA FAMÍLIA.- VAI PRÁ PQP SEU FDP.-

  14. Octavio Cordebello disse:

    Bom dia Paulinho, nessa questão discordo de você. O twitter é uma ferramenta pessoal, onde os dois emitiram opiniões pessoais. Nenhum dos dois tem contas chanceladas pelos meios em que trabalham, por isso, não há necessidade de reprimendas. Se uma pessoa tem opiniões fortes e politicamente incorretas isso é problema só dela. Se alguém discorda dessas opiniões, que se indigne. O cerceamento do direito à opinião é contraproducente. Eu acho que nenhum dos jornalistas precisa se desculpar.

    Paulinho: Respeito sua posição, mas discordo. Há profissões em que se deve tomar cuidado com o que é dito publicamente. O jornalista é uma delas. Vive do que diz e da credibilidade do que fala. Imagine, noutro caso, um presidente da Republica, ou de uma grande empresa, ou até em casos mais famosos, de atrizes e atores dizendo o que bem entendem… Um dos ônus do homem publico, e jornalista é uma pessoa pública, é ter cuidado com o que diz, sempre…

  15. Roberto Sakai disse:

    O Arnaldo é sãopaulino, todos na imprensa sabem. Ele só citou um costume dos dirigentes do Grêmio de precionarem juízes antes de jogos. Não seria a primeira vez que fazem isso.
    O Flávio é torcedor da Lusa e se comportou como torcedor. Milton Neves e Chico Lang já fizeram pior, mas como não tem credibilidade nínguem liga mais.

  16. Jair Portela disse:

    Péssimo exemplo de um profissional (Flavio) que se diz, entre outras coisas, professor de jornalismo. Paulinho, acompanho as tuas opiniões e eventualmente as compartilho. Quando puder nos dê a honra de visitar nossa página http://avozdoesporte.wordpress.com/

  17. Klaus Heinz Hoerkvill disse:

    o clube que teve na sua fundação o racismo como principio, merece o ” escroto desde..” O presidente do clube nunca esteve envolvido com arranjos nos bastidores do G13 e CBF ? se esteve merece ..” monitorem as ligações…” claro que GFPA é um dos maiores clubes de futebol do Brasil, e o jornalista é torcedor e cidadão, tem obrigações e deveres, mas o futebol em qualquer lugar do mundo causa reações impensadas, terão que processar todos os torcedores que num arroubo de fanatismo já questionou uma partida de futebol

  18. Nave Espacial Allianz 2014 disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  19. carlos mauricio brambilla disse:

    O Cara pode escrever o que quiser, mas então que ele tire o nome da empresa em que ele trabalha no caso a ESPN.

  20. brockhof disse:

    Comentário vindo de um merdinha petralha não me espanta ( como ele mesmo gosta/vá de dizer) nunca mais tive o desprazer de ver ou escutar o que esse lixo diz após eu fazer uma critica a ele e o mesmo ficou magoadinho… Rs
    Quanto ao Arnaldo pelo menos foi educado.

  21. Pedro Pontes disse:

    Esperar o quê de um comunista de m…. que nem este Flavio Gomes?! Engraçado que ele prega o esquerdismo; mas adora viver e desfrutar o conforto das “zelites” paulistanas. Não me estranha esta postura, pois a ESPN adora abrigar esse tipo de gente! O que me surpreendeu, mesmo, foi o Arnaldo participar deste circo passional.
    Paulinho, e este mané deste Caipira de P. Prudente recebe alguma taxinha para falar bem do Andres e Cia ou já está na folha de pagamento?

  22. festrati disse:

    Que problema tem nos comentários, dos dois jornalistas? quer dizer que não podem ter seus momentos de fúria?

    Fato é que um impedimento pode ser equivocadamente marcado, ou não. São jogadas que acontecem em um estalar de dedos, por isso tem um bandeirinha de cada lado para auxiliar o juiz, agora o pênalti foi vergonhoso, e o juiz estava a poucos metros da jogada.

    Moralismo, é pior do que qualquer coisa.
    Tanto Paulinho quanto o Arnaldo, tem suas qualidades e por isso são seguidos no twitter, julgar o que falam soa como inveja.

  23. Fábio disse:

    Realmente é lamentável, concordo com o Paulinho… Acho que jornalistas podem torcer, claro, pelo Twitter ou outra ferramenta de mídia social qualquer (que não seja TV, rádio ou jornal). Desde que, NÃO BAIXE O NIVEL A TORCEDORES como nós, que não somo imprensa!!!!

    Mas, fazer o que. O nivel é tão baixo, que não surpreende mais. Quanto ao Arnaldo Ribeiro, acho que foi um equívoco, mas ele tem que ter provas, do contrário, vira bagunça!!! Já pensou se todos começarem a se acusar pela imprensa???

  24. sepulnation disse:

    E não é a primeira desse Flávio Gomes… ele tem o “selo Band” de jornalismo!!!

    Lembrando que, em episódio recente (ano passado, se não me engano), após jogo SPFC x Portuguesa, ele destilou seu desequilíbrio até contra canos de escoamento de água da arquibancada, “acusando-os” de ter “formato fálico” (pasme pela posição doentia!).

  25. Roberto Calçado disse:

    O twitter não é só uma ferramenta pessoal. Grandes empresas, jornalísticas ou não, utlizam dessa ferramenta. No caso do Arnaldo ele usa o nome da empresa que trabalha no seu perfil: @ArnaldoESPN.
    Parte da imprensa ainda não sabe lidar com as novas mídias onde tudo é questionado, debatido, resgatado e até desmentido em tempo real.
    A ESPN que sempre vangloriou por ser a empresa mais ética do jornalismo se calou. De vergonha, provavelmente.

  26. Marcelo SP disse:

    Mas o Arnaldo Ribeiro é São Paulino…
    Ja o Flavio Gomes… lamentavel… criticar um estado inteiro por raivinha… estranho e até hipocrita é ver corintiano criticando o Flavio e defende quando o Vampeta xinga São Paulino.

  27. O buraco é mais embaixo. Referidos jornalistas mostraram sua indignação com o roubo da arbitragem, mas não foram ao âmago da questão. Roubo sim, porque no alegado gol anulado o Cléber estava claramente impedido. Lusa, Ponte, Criciuma, Vitória e Bahia vão sofrer ainda muito mais com as futuras arbitragens. Tudo para salvar o queridinho de S Paulo e por tabela, já que todo o cuidado é pouco, os cariocas Fla e Flu. Esperem e verão.

  28. João Domingos Custodijo disse:

    Isto só comprova que eles são muito fracos, tanto Arnaldo como Flávio.Nunca opinaram nada de relevante,nunca levantaram nada que os deixasse na história do jornalismo esportivo.Não me surpreende.

  29. Kerosene disse:

    Diferentemente da SporTV, a equipe da ESPN é formada por pessoas de 2a. categoria, sem o preparo e conhecimento necessários ao bom desempenho do jornalismo esportivo.

  30. Roberto Calçado disse:

    João Palomino, diretor de jornalismo da ESPN:
    @joaopalomino: “Caros, especialmente torcedores do Grêmio. Sobre as opiniões dos comentaristas Arnaldo Ribeiro e Flávio Gomes no Twitter. As opiniões não refletem em nada o pensamento dos Canais ESPN. Existe orientação interna para o bom uso das redes sociais. A conduta da ESPN sempre foi do maior respeito com os torcedores, sejam gremistas, colorados, etc. Por isso, medidas internas já foram adotadas para comprovar nosso compromisso com o futebol, com a paixão e com o que isso representa.
    Até a pé nos iremos na defesa deste compromisso. Abs e obrigado pela compreensão.”

  31. Cristiane Klamt Kuhn disse:

    Boa tarde,

    ontem li esses e outros comentários no Twitter, principalmente do

    @flaviogomes69 e fiquei pensando, é REAL esse Twitter? É dele mesmo? Achei de muito mau gosto e de mau jornalismo também, por isso fiquei na dúvida.

     

    CriS.

    … é que ninguém sabe onde vai estar … no dia de amanhã ….

    ________________________________

  32. Paulinho, se me permite, escrevi um texto hoje aqui, sobre jornalistas da velha guarda x jornalistas da jovem guarda (geração internet).

    Imprensa esportiva no Brasil, hoje.

    Trata-se de uma profissão atualmente composta por alguns profissionais da velha guarda, que ainda resistem de forma digna e imparcial na emissão de suas análises, mas que vem sendo engolidos por uma geração “internet” de jornalistas da jovem guarda. Assim como a informação hoje viaja a velocidade da luz, alguns profissionais desta nova geração ao entrar no mercado de trabalho, e, com a ambição desenfreada de obter notoriedade e fama, e com isso dividendos, as vezes esquecem da ética, a moral e o profissionalismo como guias de seu norte.
    Muitos jovens desta geração “internet”, que como qualquer cidadão cresce sendo torcedor de time “A” ou “B”, ao formar-se e entrar neste disputado e restrito mercado de trabalho, deixam se levar pelo fanatismo de torcedor ao emitir uma opinião, seja na mídia escrita ou falada, quando deveriam ser “IMPARCIAIS”.
    Muitas vezes, por trás de tais opiniões estão, interesses comerciais.
    Esquecem-se tais profissionais que são formadores de opiniões ? Ou realmente estão a atender item de contrato de seu contratante “oculto” ?
    Este contratante pode ser um patrocinador, mas também um clube de futebol, ou até mesmo os dois juntos.
    E para aquele leitor, ou telespectador, que os lê ou os ouve, e que não acompanha atentamente e consegue observar e perceber a real intenção por detrás da noticia, a mesma acaba se tornando verdade.
    Mas, para o leitor ou telespectador mais observador e atento, é perceptível a intenção de tais pseudo-profissionais. Em alguns casos chega a causar orticária, náuseas e revolta algumas análises publicadas.
    Cabe ao público alvo, no caso nós, leitores e telespectadores separar o joio do trigo deste mercado, lendo e assistindo órgãos e profissionais da área, que realmente sejam isentos e imparciais.
    Cabe aos clubes de futebol e seus profissionais, cobrar destes órgãos, que seus profissionais formadores de opinião, mais responsabilidades, profissionalismo, ética e compromisso com a verdade.
    Que sejam mais profissionais e menos comerciais.
    Que órgãos de imprensa valorizem mais o profissional que checa a fonte da noticia, antes de publicá-la.
    Que jornalistas da velha guarda, não baixem a guarda, e mantenham a linha da moral e da ética em suas análises.
    Que jornalistas da nova geração, não esqueçam de seu compromisso com a verdade, e que acreditem em suas fontes, mas chequem a veracidade da noticia antes de sua publicação. E que tenham a noção da repercussão de seus atos, perante a seus leitores ou telespectadores. Que lembrem-se que o bom profissional desta área, precisa mostrar a verdade, com imparcialidade, doa a quem doer.

  33. Rogério Vieira disse:

    Este Flávio Gomes tem que lavar a boca com um litro de enxaguante para tirar o cheiro de porra da boca antes de falar do Grêmio e sua torcida. Fala mal dos que dão a bunda porque não quer concorrência. Jornalista medíocre e desconhecido ganhou seus quinze minutos de fama.

  34. parabéns paulinho, sempre “na ferida” ! continuar colaborando é uma obrigação!

  35. Eduardo disse:

    Rogério Vieira, o Flávio Gomes, âncora de programas na ESPN Brasil, dono de revista e um dos maiores especialistas em F1 no Brasil é “desconhecido”? Só se for no interior do RS. O gol anulado foi corriqueiro e o jogo estava 0x0, mas o que o árbitro fez depois foi um verdadeiro assalto. Inventou um pênalti que ele mesmo não viu e expulsou dois jogadores. Caso de polícia! O Grêmio sempre sofre com a Portuguesa, e dessa vez deixou o soprador de apito de plantão…

  36. Houve , além do gol mal anulado do Kleber, um outro pênalti no primeiro tempo a favor do Grêmio sonegado. Além de que o primeiro gol da Portuguesa foi em posição duvidosa. Mas mesmo que a Portuguesa tivesse sido prejudicada, não cabe a um jornalista usar tais termos. Eu não gosto do Flamengo, mas achei um desrespeito com a grandeza da instituição um jornal chamá-lo de Flamerda. O Grêmio tem sido muito mais prejudicado do que beneficiado pelas arbitragens, vide o que diz o site placa real. Outros times são muito beneficiados pela arbitragem e eu nunca ouvi ninguém uivar e grunhir com tanto ódio como no episódio. O tal Flavio Gomes é sim um ilustre desconhecido para a maioria dos brasileiros. Pego o tal canal aqui em casa e nunca tive o desprazer de vê-lo.E com certeza daqui para frente nunca perderei meu tempo assistindo a um programa do qual o tal pederasta participe.

  37. Delegada Helô disse:

    Sou colorada e gostaria de dizer que a questão não é boa ou má fé, no caso do Grêmio e deste pênalti arranjado pelo Kleber há o fato de que este jogador (gladiador) ser um grande ator, pois joga caindo sobre os adversários e inventando faltas e penaltis, os quais têm levado o Grêmio nas ultimas partidas. Lembro que ele acusou o D’Alessandro de jogar deitado e apitar os jogos, quando ele (o gladiador) é o maior cai cai e apitador do brasileirão. Infelizmente alguns juízes caem na conversa deste espertalhão. Quantoaos jornalistas, eles se excederam e deveriam se retratar, nós já estamos cansados deste tipo de atitude, pois a Band nos brinda com os fanáticos torcedores (pseudo comentaristas) que torcem descaradamente para o Corinthians, como o tal dr. Osmar que disse que o Internacional é time pequeno, passando,por cima da grande historia do ÚNICO clube brasileiro Campeão de TUDO, que possui estádio próprio a 44 anos, e tem mais de 112 mil sócios( é o clube da America latina com mais sócios) nunca caiu para a segunda divisão e sempre padeceu com erros grotescos de arbitragem, inclusive em finais de campeonato, que lhe custou perdas de títulos nacionais. Então temos que repudiar estes FANÁTICOS travestidos de jornalistas ou comentaristas.

  38. RAFAEL OTAVIO SERRA disse:

    CONCORDO COM SUA OPINIÃO A RESPEITO DOS COMENTÁRIOS DESSES PSEUDOS JORNALISTAS E APROVEITO O GANCHO PARA FALAR DE UM VERDADEIRO ANALFABETO , TENDENCIOSO DO ESCROTO QUE FOI BATIZADO QUANDO DO SEU LAMENTAVEL NASCIMENTO DE ANDRE RIZEK ( NÃO SEI SE O SEU NOME ESCREVE ASSIM ) DA SPORT TV NO CASO VALDIVIA A RESPEITO DO CARTÃO AMARELO E SE NEGANDO A COMENTAR OS CASOS DO PAULINHO E DO THIAGO NEVES , POR FAVOR SR. PAULINHO , SEU COMENTÁRIO A RESPEITO , A PROPOSITO O IDIOTA É CORINTIANO

  39. MARCIO WILK disse:

    Eu Gremista e Gaúcho com muito orgulho, digo que me diverti muito ontem vendo e lendo a paulistada nos xingar, e ao juíz e principalmente ao jogador Kleber..hahahahahah.. isso é o dessespero de não ter um time competitivo em São PAulo, e o bairrismo ali é assim mesmo: nojento e preconceituoso

  40. Roberto C. de Oliveira disse:

    Importante ter jornalistas corajosos,Parabéns Paulinho.
    Educação e vergonha na cara faltou aos dois jornaleiros da espn.
    É triste ver uma rede nacional falar bem só do futebol de SP/RJ
    O GREMIO é grande,campeão Brasileiro,Latino Americano e
    Mundial,a Portuguesa é um bom clube,eu respeito.

    Espero que este jornaleiro flavio gomes(letra minuscula)
    tome um pau ai em SP/SP,pois com
    certeza ele vai apanhar,não tenho a menor duvida.
    Acho dificil ele vir ao RGS e não apanhar,como é um baixinho
    covarde não virá,mas a hora dele vai chegar.
    Desculpa, mas o palhaço passou dos limites.Não existe palavras
    a contrapor o que foi dito,foi uma agressão contra os gauchos
    que tanto defenderam o Brasil em diversas guerras.

    É uma pena,mas ele vai ter que apanhar pra aprender a ter
    educação.

  41. Sandro disse:

    O Flavio é xarope mesmo, xinga qualquer um tanto pelo Twiter quanto pelo seu Blog, na verdade ele não está nem ai para o que os outros dizem ou pensam, o importante pra ele é ser Comunista e morar em bairro de rico.

  42. kelspfc disse:

    Paulinho, assim como médico, jornalista não se desvincula da profissão depois que sai da redação, jornalista é jornalista o tempo todo. E supõe-se que esse profissional leia bastante, tenha curiosidade, responsabilidade e investigue as coisas antes de sair falando asneiras. Não existe essa de não usa o twitter profissionalmente. Eu, que embora ainda não tenha concluído o curso de jornalismo, já aprendi isso no primeiro período, são ossos do ofício que os caros futuros colegas de profissão parecem não tem aprendidos.

  43. Gustavo disse:

    Lamentável o comentário do Sr.Klaus, a respeito da origem do Gremio, mencionando ser um clube racista em sua origem, demonstra no mínimo desconhecimento, foi sim um clube formado por descendentes alemães e europeus mas nunca um clube racista, seu hino foi escrito por Lupicinio Rodrigues e tem em sua bandeira uma única estrela, em homenagem ao atleta negro Everaldo, somos um clube e uma torcida muito popular.

  44. Clayton Tricolor disse:

    Arnaldo Ribeiro é são-paulino. Escreveu o livro “OS DEZ MAIS DO SÃO PAULO”. http://www.livrosdefutebol.com/catalogo_detail.asp?cod_produto=274

  45. Fábio disse:

    Kerosene,

    Vc está de brincadeira em elogiar a equipe da SPORTV… Tudo puxa-sacos da Globo, péssimos profissionais, com raríssimas exceções!!!!

  46. Marcello disse:

    Esse Flavio Gomes não fala nada dos curintianus???
    Esses adora beijar na boca de homem!

  47. carlinhos disse:

    O SENHOR JAILSON COM FICA ? COMO FICA O ARBITRO QUE DEVERIA TER SIDO EXPULSO DEPOIS DO BEZERRÃO ?
    COMO FICAM TORCEDORES COMO EU QUE QUEBRARAM O CONTROLE REMOTO DE RAIVA ? O JOGOL TRASNSCORRIA NORMALMENTE COM ERROS DE ARBITRAGEM AQUE E LAI , POREM APÓS O EMPATE DA LUSA O SENHOR JAILSO ENLOUQUECEU E FICOU COMO O CASTRILLI ESPERANDO A HORA DA OPERAÇÃO. O GRÊMIO DEVERIA SIM, PEDIR PERDÃO A LUSA DE JOELHOS, OU APANHR COM TACOS DE BEISEBOL NO RETURNO. NÃO TEM OPUTRA SOLUÇÃO. AGRESSÃO FISICA NO HOTELOU NO INTERVALO DO JOGO COMO FIZERAM OS SEGURANÇAS DO SPFC CONTRA O TIME ARGENTINO DO TIGRE. MESMA TATICA. CLARO QUE OS GAÚCHOS NÃO VOLTARÃO PARA O SEGUNDO TEMPO, MAS COMO COM CERTEZA JOSÉ MARIA MARIN JÁ TERÁ PREPARADO A CAMA PARA A LUSA NA SERIE B, PERDER O QUE ? O QUE O SPFC PERDEU ? 200 MIL REAIS ? E DAÍ ? DEPOIS DO QUE ACONTECEU NO MORUMBI A MELHOR TATICA CONTRA O PODER É ESSA QUE O TRICOLOR PAULISTA USA CONSTANTEMENTE E COM BONS RESULTADOS. A MIDIA ESTÁ TENTANDO ESCONDER O PENALTY DO INTER EM CAMPINAS , MAS EXISTE UMA CÂMEERA ATRÁS CDO GOL QUE MOSTRA O MERGULHO NOTA 4,5 DO JOGADOR GAÚCHO. PESSIMO MERGULHO TIME DO DVD, TIME VAGABUNDO. TIME DA ADITADURA MILITAR. O INTER JAMAIS SERÁ CAMPEÃO BRASILEIRO DEPOIS DOS TITULOS CONQUISTADOS NA DITADURA MILITAR. JAMAIS. FORA ERNESTO GEISEL E SUA TROPA. MALDITOS.

  48. carlinhos disse:

    PARA QUEM TEM DÚVIDAS : TENHO ÓDIO DA DITADURA MILITAR. TENHO ÓDIO DO TEMPO QUE OS GAÚCHOS MALDITOS MANDARAM NO BRASIL.

  49. Diógenes disse:

    Eu vi o Tesourinha jogar no Inter e, mais tarde, já decadente, ir para o Grêmio, depois de ter jogado no Vasco. Tesourinha quebrou o preconceito racial no clube tricolor, que não aceitava negros no time.

    ZERO HORA | ANO | Nº | PORTO ALEGRE
    http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=1&local=1&template=3948.dwt&section=Blogs&post=200780&blog=220&coldir=1&topo=3951.dwt

    Terça-feira, 07 de julho de 2009

    A grande festa do futebol gaúcho

    Tesourinha jogou no Inter e no Grêmio, se tornando o primeiro jogador negro no time gremista

    Foto: Banco de Dados ZH

    Posso dizer que, como espectador do clássico, eu já participei de mais da metade dos Gre-Nais. Eu nem sei quantos são. Mas devo ter 60 anos de Gre-Nal. Me lembro de um clássico da Dupla que assisti e não entendi absolutamente nada. Eu devia ter uns seis ou sete anos.

    Eu vi o Tesourinha jogar no Inter e, mais tarde, já decadente, ir para o Grêmio, depois de ter jogado no Vasco. Tesourinha quebrou o preconceito racial no clube tricolor, que não aceitava negros no time. Tesourinha era um jogador extraordinário. Quando eu o vi jogar, ele já tinha deixado de ser um grande craque, que integrou a Seleção Brasileira da época. Certo dia, fui descobrir por meio de uma tampinha da Pepsi, que colocava curiosidades sobre o futebol, que o Inter admitiu o primeiro jogador negro em 1927, 27 anos antes que o Grêmio.

    De todos os Gre-Nais, até agora, eu só não vi um clássico fora do Estado. Os municípios do RS que já sediaram foram: Santa Cruz, Caxias do Sul, Rio Grande e Erechim. Mas acho surpreendente como ainda não foi realizado um Gre-Nal fora do Estado, como no Paraná e em Santa Catarina, que abriga vários gaúchos.

    Teve um clássico da Dupla que eu fui protagonista central, em 1961, no Estádio dos Eucaliptos. Durante muito tempo, havia uma mania de festejar com papais noéis azuis os Gre-Nais que se realizavam em dezembro. Isso marcou o futebol do Rio Grande do Sul, como não havia outras competição, a não ser o Campeonato Gaúcho que, em geral, acontecia no segundo semestre.

    E o papai noel de 1961 que entrou em campo fui eu. É uma recordação extraordinária. O Grêmio ganhou de 3 a 2, de virada. Em um momento, eu entrei em campo e a Guarda Civil bateu em mim com borrachadas, enquanto os dirigentes do Grêmio me empurravam para dentro do campo. Depois, para comemorar, fui para o Centro. Como o Inter era campeão, minha comemoração foi complicada. Dentro de um bonde, os colorados me lincharam e reduzi a trapos a minha fantasia.

    É um clássico extraordinário. Foram tantos os narradores da Rádio Gaúcha e Guaíba que celebrizaram o Gre-Nal: Pedro Pereira, Armindo Ranzolin, Mendes Ribeiro, Haroldo de Souza e Pedro Ernesto Denardin.

    Segundo uma pesquisa realizada, a expressão Gre-Nal surgiu quando um jornalista do jornal Correio do Povo queria colocar um nome para o clássico. Em uma mesa de bar, ele acabou chegado a essa fórmula. E, como era gremista, ele queria o Grêmio aparecesse na frente.

    Essas recordações são todas muito boas. Um centenário, 100 anos de Gre-Nal. A nossa grande festa do futebol ainda viva.

  50. Luis Ramos disse:

    Sou carioca e achei lamentável o comentário maldoso do Flavio Gomes, mas ele é assim polêmico, diz que os Lada são melhores que os Mercedes, que Hugo Chaves é o maior presidente da história, no caso do pênalti, na minha opinião não ocorreu, apesar do deslocamento do braço do zagueiro da Portuguesa no Kleber…poucos juízes marcariam aquele pênalti, porque na dúvida não se deve marcar, mas o problema do juiz foi o fato dele ter anulado um dos gols do Grêmio do Kleber…ele não estava impedido, repeti várias vezes…lance indiscutível, quanto ao fato da bola estar na frente da marca da cal…isto não foi erro, o juiz permitiu…porque os jogadores da Portuguesa fizeram um buraco na marca da cal, mas neste caso a bola tem que estar encostada na na marca da cal. O pessoal não lê regras…de futebol.

  51. Sérgio disse:

    Parabéns aos dois jornalistas. O que os jornalistas falam nas rádios gaúchas e tvs locais ninguém coloca em rede social né ? então chupa.
    Povo preconceituoso e racista.

  52. Paulo Sousa disse:

    O Arnaldo nem torce para a Lusa, é sãopaulino, nem sei porque entrou nessa.
    o FG, eu acho também um grande jornalista, mas se manifestou como torcedor e errou na dose.
    Foi demitido (achei excessivo) e pediu desculpas.

  53. carlinhos disse:

    A POLICIA PAULISTA TEM QUE AGREDIR OS JOGADORES DO GRÊMIO COMO FIZERAM NO SUL .
    O BRASIL DEVERIA SE SEPARAR DESSES MALDITOS.
    VÃO CANTAR EM OUTRA FREGUESIA.DITADURA MILITAR ASSASSINA.

  54. Marco disse:

    Como vc mesmo colocou muito bem: “não apenas aos protagonistas, mas também a outros profissionais, evitando assim novos constrangimentos”

  55. Delegada Helô disse:

    Sérgio Disse:
    setembro 9, 2013 às 11:52 pm

    Pena que você não estudou a história do Brasil, pois saberia que o RS libertou os escravos em 1884, quatro anos antes da Lei Áurea (1888), que nosso povo é composto de europeus em sua maioria, mas respeitamos os negros. Inclusive uma de nossas misses, a colorada Deyse Nunes foi miss RS e miss Brasil, qual outro estado manda uma representante negra, por exemplo RJ e Bahia que possuem lindas beldades não as escolhem para representá-los. Nossos atletas não são desmerecidos pela cor e o apelido do torcedor do Inter é MACACO, sendo uma torcida com expressiva maioria branca, mas nenhum COLORADO se ofende, inclusive o macaco virou o segundo mascote do time. O RS abre precedentes jurídicos para casos como adoção de crianças por casais homoafetivos e direito aos bens de companheiros. Então não fale de racismo e preconceito, quando se referir aos GAÚCHOS.

    E quanto ao carlinhos Disse:
    setembro 10, 2013 às 5:05 am

    Incitar a violência é crime. E quem perderia com a separação do SUL seria o resto do Brasil. Quanto a ditadura ela teve a participação de generais de todo o país. Sou contra a ditadura, mas os dias de hoje estão de amargar, pois o povo brasileiro é um povo sem noção, e quem nos colocou nesta penúria foram os votos de Paulistas e nordestinos que nos brindam com tranqueiras como Collor, Genoíno, Tiririca, Sarneys, ACMS,Suplicys,Zé Dirceu, Lula, Maluf, Feliciano e uma infinidade de sanguessugas da nação. Pelo menos aqui no RS, mesmo tendo corruptos nos votamos um pouco melhor.

  56. Marcus disse:

    Análise perfeita.

    Mas apenas uma correção: Arnaldo Ribeiro é sãopaulinho. Tenho amigos que o viram no Morumbi com a camisa do São Paulo, e estava como torcedor, não como jornalista.

  57. Marcus disse:

    Outra coisa:
    Vi um cidadão perguntando quando vc irá se desculpar com Andres Sanches e sua trupe.

    Peraí, se desculpar pelo o quê? Por dizer a verdade?

    Aliás, e convenhamos, quem acompanha o seu trabalho sabe que jamais houve uma atitude parecida com esta de Flavio Gomes. Não chegou nem perto.

    Suas matérias são duras, mas verdadeiras.

    Parece que vc publica essas coisas de propósito, né? Vc, Paulinho, sabe que esse tipo de raciocínio vai gerar gozação dos demais leitores. Uma idiotice sem tamanho.

  58. Marcelo Ramos disse:

    Paulinho eu parabenizo você pelo seu trabalho, porque seu trabalho mostra os documentos e fatos verídicos dos corruptos tanto do futebol quanto da política. Lógico que sempre vai ter um ignorante no sentido pessoal ( burrinho ) que fica questionando você para pedir desculpas para ”fulano” ou ”ciclano”, mas assim se você tentar explicar setenta vezes o ignorante não vai entender nenhuma, deixa esse tipo de gente para lá. Continue com seu bom trabalho e te mando um salve sendo um leitor inteligente do seu blog.

  59. Douglas disse:

    Time escroto desde 1903 ????
    Eu diria time que incomodou muitos desde 1903 e ainda incomoda.
    Time multi-campeão, conhecido mundialmente e isso a muitos e muitos anos.
    Agora, o que falar da humilde Portuguesa?
    tirando uns três ou quatro anos da década de 90.
    Clube Tradicional, mas título que é bom nada.

    O Arnaldo fez o que muitos fizeram ao desabafar, mas ele,no lugar errado, se fosse ao vento…

    Já o outro figurão,lamentável…
    Péssima colocação.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.