Advertisements
Anúncios

Empresários de futebol entregam esquema de Seedorf com agenciamento de atletas

O jogador Seedorf, do Botafogo, está empresariando jogadores de sua equipe, mas não apenas dela, e descarregando na empresa Think Ball, de propriedade do empresário Bruno Paiva, filho do comentarista de Mario Sergio, da Fox Sports.

Sua ligação com a referida empresa não é negada, mas está sendo disfarçada sob a alcunha do cargo de “embaixador”, quase um atentado à inteligência de qualquer jornalista.

O fato só veio à tona, explicitamente, embora já fosse comentado nos bastidores, porque dois outros empresários, absolutamente duvidosos em suas ações, estão perdendo clientes para o ainda jogador botafoguense.

Carlos Leite, da turma do “iraniano”. e Eduardo Uran, dono de meio time do São Paulo.

Ambos indignados com o que consideram, até com certa razão, de concorrência desleal, embora, saibamos, que lealdade não seja prática habitual dessa gente.

O Botafogo, apesar dos benefícios evidentes que Seedorf proporciona ao clube dentro de campo, não pode fechar os olhos a essa situação, absolutamente prejudicial ao clube.

Como confiar que, no momento de um lance decisivo, o holandês não escolherá um de seus agenciados para passar a bola, em detrimento doutro colega melhor colocado ?

Suposição ?

Pode ser, mas somente a existência da possibilidade cria um ambiente nocivo, e até imoral, para um clube de futebol que vem tentando, há tempos, resgatar seus melhores momentos.

Sem contar a saia justa em que está sendo colocado o treinador Oswaldo de Oliveira que, aparentemente estaria limpo na situação, mas pode pagar caro por qualquer sinal de desconfiança que atente contra sua credibilidade.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: