Advertisements
Anúncios

Dívida do Corinthians aumenta quase R$ 10 milhões por mês

raul-correa-da-silva

Enquanto dirigentes do Corinthians falam maravilhas à imprensa sobre recordes de faturamentos, que, aliás, aumentou até em proporção menor do que os de alguns adversários, é alarmante notar o grau de endividamento do clube nos últimos meses.

O Diretor Financeiro, Raul Corrêa da Silva, colocou no balanço R$ 27 milhões, em seis meses, porém, assim como justificou os números com a desculpa de contratações, por sinal previstas no orçamento, não indicou que o Corinthians recebeu R$ 28 milhões sobre a venda de Paulinho.

Não fosse por esse negócio, não previsto, e a dívida teria aumentado R$ 55 milhões no período.

Quase R$ 10 milhões ao mês.

Sem falar do que vem por ai com o estádio, belíssimo, porém, como negócio, péssimo para o clube.

Observando o último balancete divulgado, com números de 2013, observamos outros dados, também preocupantes, que a diretoria preferiu, digamos, não destacar.

Em dezembro de 2012, o Corinthians tinha R$ 21 milhões em empréstimos tomados, agora tem R$ 30 milhões.

Ou seja, além do prejuízo já discriminado, o clube tomou R$ 9 milhões emprestados em apenas seis meses.

Há, também, o item “custo com venda e aquisição de atletas”, vulgarmente chamada como “comissão” paga a empresários ou dirigentes envolvidos em negociações.

R$ 15,7 milhões.

Estão ou não bem melhor explicadas, em números, não em desculpas de dirigentes, as razões do endividamento alvinegro ?

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: