Teixeira, CBF e o Banco Rural

Mais do que o disfarce da hemodiálise no Brasil, que Ricardo Teixeira poderia ter feito, tranquilamente, em Miami, sua chegada ao país, correndo risco que não desejava correr, tem como objetivo resolver a questão da CBF com o Banco Rural, outro daqueles envolvidos em falcatruas com o PT.

R$ 30 milhões da entidade estão retidos na instituição, liquidada, recentemente, pela Justiça.

No total, mais de R$ 100 milhões eram manipulados pelo banco.

Durante a gestão Marin, R$ 70 milhões foram, aos poucos, resgatados, mas, por ordem de Teixeira, conforme afirmou o recém afastado diretor financeiro da CBF, o restante não foi sacado.

De tantos motivos para a Justiça interpelar o ex-presidente da Casa Bandida de Futebol, este pode ser um dos mais palpáveis para provável encarceramento.

Polícia Federal e demais órgãos investigadores não podem perder a oportunidade, antes que o “raton” volte, sorrateiramente, para sua “boca”.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

9 respostas para Teixeira, CBF e o Banco Rural

  1. Eduardo disse:

    Puxa Paulinho se deus quiser, um dia vc vai conhecer boca raton….lugar maravilhoso

  2. Fred disse:

    Um dia a casa vai cair pra esse safado!!!

  3. Fabio disse:

    Quanta inveja os antis tem do maior do mundo.Estadio novo que será abertura da copa do mundo,CT super moderno,contas e salarios em dia,melhor elenco do Brasil,somos campeões a cada 6 meses,varias modalidades esportivas sempre disputando as primeiras colocações ex:Natação e Futsal. Segundo o paulinho o clube está ruim,mas para os Corinthianos nunca esteve melhor.

  4. Sã Tomé é ver crer disse:

    DEFINITIVAMENTE…………NO BRASIL ESSE TIPO DE LIXO NÃO VAI PARA CADEIA…….

  5. Gregório Malta disse:

    como alguem de 20 centavos fala sobre 70 milhoes … é muito sem noção.

  6. Ronaldo, A Orca disse:

    Ainda tem o BMG…

  7. Ricardo disse:

    A grana já eras, o fundo garantidor cobre até 250 mil, o restante os barões da CBF perderam.

  8. LFCV disse:

    Paulinho, apenas uma questão de ordem jurídica. A decretação da liquidação extrajudicial do Banco Rural S;A. – como o próprio nome do instituto indica – não foi feita pelo Poder Judiciário, mas pelo Banco Central do Brasil, órgão competente para tanto. Abraços,

  9. sergiors disse:

    o que será que uma pessoa dessas pensa quando a morte bate a porta? tenho minhas duvidas se elas pensam.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.