Advertisements
Anúncios

Corinthians e Santos empatam sem brilho na Vila Belmiro

Corinthians em Santos fizeram uma partida sofrível no empate em um a um, na Vila Belmiro.

O Timão fez uma de suas piores apresentações no ano, e o Peixe, ao menos, demonstrou hombridade, se esforçando em campo, bem diferente do recente vexame em gramados Europeus.

Nem bem o jogo começou e o Corinthians, aos 3 minutos, abriu o marcador, quando Romarinho bateu escanteio para Danilo desviar e Paulo André, também de cabeça, complementar.

Daí por diante, meio que no desespero, o Santos partiu com tudo para o ataque, mas a falta de qualidade da equipe, aliada a ótima marcação corinthiana proporcionaram pouquíssimas oportunidades.

Para ser destacada apenas uma chance, aos 20 minutos, quando Cassio, o caçador de emoções, cortou mal cruzamento de Montillo, mas Arouca, no rebote, bateu por cima.

No contra-ataque o Corinthians acabou, mesmo não jogando tão bem no setor ofensivo, levando mais perigo que os donos da casa.

Aos 24 minutos, Fabio Santos recebeu a bola dentro da área, mas bateu mal, à direita de Aranha.

O goleiro santista, aos 30 minutos, defendeu bem batida cruzada de Romarinho, após bom passe de Renato Augusto.

Na tentativa de melhorar a produção do ataque, Tite voltou do intervalo com Pato no lugar de Guerrero.

Mas quem partiu para cima foi o Santos, que logo aos dois minutos criou boa jogada com Montillo, que bateu para defesa de Cassio.

E, aos 9 minutos empatou, com Montillo, o melhor do Peixe, lançando Willian José nas costas da zaga corinthiana, que bateu cruzado, sem chance para Cassio.

Na sequencia, Douglas entrou no lugar de Danilo.

Aos 15 minutos, Montillo deixou Neilton na cara do gol, mas Cassio defendeu bem.

Só dava Santos, perante um Corinthians estranhamente apático.

Romarinho, outro que jogou bem abaixo do normal, saiu aos 19 minutos, dando lugar a Ibson.

Após um princípio de confusão perto da área do Corinthians, Paulo André e Willian José, que trocaram empurrões, foram expulsos pela arbitragem.

Leo saiu para a entrada de Mena, aos 31 minutos.

Depois Cicinho, com caibras, deu lugar a Galhardo.

Nos últimos dez minutos, quando o jogo já não empolgava mais, Renato Augusto, machucado, apenas de arrastou no gramado.

No final, o empate foi muito ruim para o Corinthians, que buscava alcançar os primeiros colocados, e razoável para o Peixe, que não poderia perder de jeito algum para não colocar ainda mais combustível na crise após a trágica excursão a Barcelona.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: