Advertisements
Anúncios

Palmeiras, WTorre e Arena: detalhes ocultos de uma obra

arenapalestra

Por ASSOCIADO INDIGNADO

Paulinho, boa tarde.

Conforme lhe havia prometido, seguem algumas fotos de como está o Palestra Itália com a construção da dita Arena Palestra, também chamada de Arena WTorre.

É possível verificar, por exemplo, que as proteções são extremamente mal feitas e estão já em pleno estado de deterioração. Veja o que a simples aproximação de um trator fez com uma proteção: ela já está envergada.

 8

O trecho em que se vê um caminho todo escuro, é o trecho que permite que se passe por cima das piscinas. Veja que as lâmpadas não funcionam totalmente. O caminho é muito escuro, o que coloca as pessoas que o utilizam em risco.

 1

É possível ver a sauna desativada. Isso porque não foram feitos os banheiros necessários para os usuários. Ainda, em 15 dias de utilização, a sauna começou a apresentar rachaduras profundas, o que exigiu que o prédio fosse interditado, sem previsão para utilização, como é praxe da WTorre – manter a todos no escuro e ter em mente apenas os 30 anos de exploração inescrupulosa do que será, um dia – poucos verão – o estádio da Sociedade Esportiva Palmeiras.

 6

Veja, também, que a WTorre não pensa no associado do Palmeiras e se concentra tão-somente em seu negócio: a escada fotografada é o caminho pelo qual todos são obrigados a passar, inclusive pessoas de idade e deficientes. Onde está a rampa de acesso, que não consigo ver? Não cabe à WTorre me dizer onde devo andar. Como associado, devo andar por onde quero, passando por onde quero – desde que de acordo com as normas internas do Palmeiras. A WTorre não deve apitar nada nesse sentido.

 13

É por bem salientar que os caminhos “construídos” pela WTorre para que o associado palmeirense se desloque pelo clube com liberdade, só existe graças a uma pessoa: Mustafá Contursi.

 4

Isso porque o projeto original, e ainda no início das obras, o associado que, por exemplo, havia entrado pela Av. Francisco Matarazzo e queria se dirigir até a pizzaria do clube – próxima à entrada da Rua Padre Antônio Tomás – deveria sair do clube e, pela rua, se dirigir até a outra entrada. O contrato não contemplava tal acessibilidade ao associado do Palmeiras. Nunca pensou nas pessoas com deficiência. E graças ao tão xingado até hoje Mustafá, é que existe este relativo conforto.

 11

Por fim, quero que fique consignado que um Clube como o Palmeiras não deveria ter em suas acomodações, obras – mesmo que temporariamente – em pura madeirite, dando a impressão de que não está sendo levantado um novo e desnecessário estádio para a WTorre, mas sim uma nova favela em plena Pompéia / Água Branca.

 

Aproveito o espaço para sugerir à WTorre alguma homenagem ao Palmeiras, já que esta construtora nunca foi nada. É a primeira grande e notória obra desta construtora de dúbia fama no ramo da construção civil. Eles ficarão com nosso dinheiro por 30 anos. Nada mais justo do que nos agradecer – especialmente nas pessoas dos Srs. Clemente, Cyrillo e Belluzzo que o assinaram para plataforma política. Tanto o é, que os novos grupelhos que assombram os octogenários do Clube cresceram à sombra de tais figuras.

Mas o agradecimento é devido. E muito. E deveria ser diário.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: