Advertisements
Anúncios

Mais do que o Papa Francisco, as pesquisas deixaram Cabral mais “humilde”

O Governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, em entrevista que poderia ser indicada facilmente ao Framboesa de Ouro de ator mais canastrão, voltou atrás em todas as decisões relativas ao Maracanã, que o tornaram cada vez mais impopular.

Demonstrando a humildade que claramente não possui, Cabral simulou choro, apelou aos discursos do Papa e declarou estar arrependido de seus atos.

Arrependimento que surgiu, evidentemente, após as pesquisas indica-lo como o pior governante do Brasil.

De verdade no discurso, apenas o claro desespero pelas manifestações diárias na porta de sua residência, em que retratou ser pai de família, e tudo mais.

Embora saibamos, o tenha feito também de maneira oportuna, na tentativa de comover a opinião pública.

Até porque, o zelo familiar de Cabral termina dentro de sua própria casa, pouco se importando com as diversas famílias de seus eleitores, como demonstram seus mais variados, e lamentáveis, atos no exercício do poder carioca.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: